RESENHA | Rainha do Ar e da Escuridão, de Cassandra Clare




Rainha do Ar e da Escuridão, é o terceiro e último livro da trilogia Os Artifícios  das Trevas, que é mais uma série que se passa dentro do universo dos Caçadores de Sombras, criado pela autora Cassandra Clare. O livro anterior acabou em um ápice, cheio de tensão e de dúvidas, sobre o que viria a seguir na história. E é claro, com muito sofrimento nosso com a morte inesperada de Livvy Blackthorn. Não só esta tragédia abala toda a família e seus amigos, Julian e Emma precisam lidar com o fato de que seu plano original para impedir o avanço da maldição Parabatai está destruído, e eles parecem cada vez com menos tempo.

A Tropa e seus aliados estão avançando no seu desejo de acabar com a aliança entre os Nephilins e os seres do submundo, podendo iniciar não só uma guerra civil entre os caçadores, mas também contra as criaturas do submundo. A doença misteriosa que tem atingindo os feiticeiros está se alastrando, é fundamental descobrir como impedi-la. E Julian e Emma precisam embarcar para o Reino das Fadas, atrás do Volume Negro dos Mortos, antes que o Rei Unseelie o utilize contra o caçadores de sombras.

Muita coisa acontece em Rainha do Ar, não é para tanto que o livro conta com mais de 700 páginas. Mas não se assuste, a leitura passa muito rápido, porque o livro é muito dinâmico, está sempre acontecendo alguma coisa, e quando é um momento teoricamente mais tranquilo, a carga emocional é tão grande, que ainda assim, o leitor fica preso a cada página. A autora consegue, como sempre, criar personagens únicos e com histórias e dilemas complexos, intrigantes e passionais, que fazem o leitor querer acompanhar e sempre desejar saber mais. Julian e Emma são um casal que eu gosto muito, primeiro por eles serem um inverso de Jace e Clary, onde a Emma é mais parecida com o Jace e o Julian com a Clary. Mas ainda assim, os dois são bem únicos e possuem uma ligação excepcional.


Fiquei muito angustiada durante a leitura querendo saber como a história desses dois se resolveria, porque a coisa parecia extremamente complicada. Na verdade, toda a situação dos personagens é complicadíssima. A autora consegue criar situações que você fica se perguntando "e agora?". E é claro que ela consegue resolver as coisas de forma inesperada e magistral como sempre. Quando o livro termina, você fica surpreso, porque nada acabou como você achava que acabaria. Como este é o ultimo livro da trilogia, muita coisa se resolve ou se encaminha aqui, mas algumas pontas ficam soltas, o que acredito ser o ponto inicial de uma das próximas séries que a autora pretende lançar.

Para quem acompanha todos os livros da autora nesse universo, e é apaixonado pela série Instrumentos Mortais, já sabe que acompanhamos um pouco dos personagens originais em Os Artifícios das Trevas, e neste aqui, vão receber um belo presente, porque temos algumas cenas muito fofas e especiais, envolvendo alguns casais da série. Cassandra Clare continua mantendo seu nível alto de obras literárias, arrasando como sempre, com histórias complexas, envolventes se apaixonantes. Não há como não dar uma chance a essa trilogia. E preciso dizer que essa série tem uma das capas mais bonitas que já via. Todas são lindas, e o desse ultimo livro está maravilhosa.


0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)