RESENHA | Um amor para um escocês, de Sarah MacLean




Amor para um escocês faz parte da série Escândalos e Canalhas, da autora Sarah MacLean. Os livros não precisam ler lidos na ordem, então há problema se começar por esse, que é o segundo lançado. Toda a série gira em torno de uma protagonista que se vê envolvida em uma situação de escândalo social, e precisa lidar com isso. Neste, temos Lilian Hargrove, uma jovem solitária que acaba se envolvendo com um pintor charmoso e mentiroso, que faz diversas declarações de amor e que acaba fazendo um retrato bem escandaloso dela, e que pretende exibir para toda Londres.

Inesperadamente, para tentar ajudá-la a evitar a vergonha social, chega Alec, o Duque de Warnick, nomeado recentemente e agora guardião de Lilian. O problema é que a melhor solução para ele é arranjar um marido rapidamente para Lilian. Alec nunca quis o título de duque, sem falar que odeia tudo relacionado a Inglaterra. Convencer Lilian a casar vai ser uma verdadeira batalha, que pode ficar ainda mais difícil com as sensações que o contato com ela tem causado nele.

Eu adoro livros com escoceses. Este acaba se passando todo em Londres, mas ainda assim é ótimo ver um personagem que liga tão pouco para o que a aristocracia inglesa pensa, e ainda mais com um título tão importante quanto um ducado. Mas posso dizer que passei muita raiva com Alec e Lilian nesse livro. Primeiramente o motivo do escândalo da Lilian é de querer jogar a mocinha na janela. Apesar de posteriormente entender a motivação dela, ainda acho que foi muita burrice se colocar na situação de ter um quadro nu pintado. Tava na cara que isso iria virar um problema. Pelo menos, a mocinha assume isso.


Por outro lado, a sua rixa com Alec, considerando que ela não tinha muita opção, também é de chatear em alguns momentos. E o que dizer de Alec? Ele passa a maior parte do livro se achando inferior para a Lilian. É interessante quando finalmente descobrimos o porque desse sentimento negativo. Apesar de Alec as vezes irritar, também nos apaixonamos rapidamente por ele e até sentimos pena em alguns momentos.

Mesmo com toda essa rixa entre os dois, é bem divertido acompanhar os diálogos e interações dos dois. Eles são muito perspicazes, e as cenas românticas também são lindas. Adorei a participação das "irmãs perigosas" (conhecidas no primeiro livro) e que garantem boas risadas e ajuda para Lilian. No geral este romance de época é envolvente e doce, com uma boa dose de diversão. Para mim, as coisas poderiam se antecipar entre o casal, mas no geral, a autora faz tudo em bom tempo, criando tudo de forma bem elaborada e organizada. É um livro que vale a pena ser conferido.






0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)