RESENHA | Quando os caminhos se cruzam, de Luana Lazzaris


Ainda estou tentando controlar as emoções para poder resenhar esse livro...

Quando os caminhos se cruzam, traz a veracidade do título de uma forma ímpar para a história. Uma história que chega a beirar a real realidade da vida, tamanha a maestria que a autora Luana teve ao escrever essa história!!!

Durante a nossa vida temos muitos encontros e desencontros, e em muitos deles temos a ligeira sensação de que "era pra ser", pois é, assim é essa romance que não traz só um amor, mas muitos amores... amor de casal, amor de mãe e pai, amor de ultrapassar a  barreira do tempo e espaço, amor doado, amor a primeira vista... amor em todas as suas nuances.

Maria Luiza, Malu, é a nossa protagonista e assim como tal, ela é forte, dona de si e muito guerreira. A vida levou ela e a a mãe Cecília por caminhos tortuosos, mas ambas souberam encontrar a força dentro de si para superar tristezas e batalhar por suas vidas.

Leonardo, Leo, é O protagonista, O príncipe no carro branco... O homem que muitas leitoras suspiram e algumas tem a alegria de encontrar na vida. Vindo de uma família poderosa, ele não se deixa influenciar pelo dinheiro e se mantém um homem humilde e encantador. 

Os caminhos deles se cruzaram em meio a uma rua, onde as decisões tomadas ali mudarão substancialmente suas vidas para sempre. O doar-se dele naquele momento angustiante despertará nela sentimentos não antes sentidos, e vice versa. Dali por diante a história se desenrola de forma cativante e instigante na mesma proporção, pois ao mesmo tempo em que nos apaixonamos pelos personagens, somos instigados pelas surpresas que vão surgindo.

Uma leitura que toca fundo no coração levando o leitor a sorrir, chorar, torcer, querer bater e ficar com o coração na mão em determinados capítulos. E assim como na vida, em algum momento surgirá alguém que se mostrará diferente do que se imaginava e ali, naquele instante, revelações trarão muitas verdades a tona, magoando, surpreendendo tanto os personagens quanto os leitores. 

Chego a dizer que o destino já havia tecido nas suas linhas todas as histórias que são mostradas aqui e ouso dizer que até o vilão foi essencial pois ele tem dedo em momentos singulares e decisivos da história. É lindo ver como a autora enredou cada acontecimento e veio fechando perfeitamente tudo, ao ponto de dar a um epílogo a palpitação extra que eu sequer imaginei que seria possível. Visto que, o final já era O FINAL!!!

0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)