RESENHA | Ouça meu Coração, de Silvana Barbosa




Ouça Meu Coração é o quinto livro da série Libertinos, da autora Silvana Barbosa, e que vem arrasando entre os tops em diversas listas da Amazon. Como acontece em muitas séries de época, não é preciso ter lido os anteriores, apesar de eu recomendar toda a série. Neste livro, vamos finalmente ver a história de Timothy Flanagan, ou Lorde Tim, o Conde de Attwood, que já apareceu em livros anteriores, e que decidiu viajar para a Índia, após uma desilusão amorosa. Lá, ele conseguiu se estabelecer, mas não pôde escapar de sofrer uma enorme perda. Após uma trágica notícia, ele decide voltar para Londres, e assim acaba conhecendo Catherine.

Catherine Blake vem de uma família que acredita que o melhor que pode acontecer a uma dama é conseguir um casamento vantajoso. Felizmente, ela conseguiu a independência que tanto queria, mas agora precisa lidar com a perda trágica de uma amiga e a responsabilidade de lidar com suas sobrinhas, que ela deseja proteger de um destino cruel. Então aparece Lorte Tim, com seu jeito encantador e divertido, e muito sedutor. Os dois devem lutar contra essa emoção, mas com uma situação pode acabar aproximando mais os dois do que achavam possível.

Estava curiosa para ler o livro do Tim, porque já gostava muito dele, e achava que ele merecia uma chance no amor, após não ter tanta sorte anteriormente. Lá na índia, ele acabou se recuperando, mas também passando por situações importantes e tristes na sua estada. Agora ele é um homem com ainda mais responsabilidades, e ainda mais encantador. Não tenho nenhum queixa quanto a Tim como protagonista. Ele tem todas as qualidades possíveis, e mesmo quando você acha que ele vai ter um comportamento reprovável. ele te surpreende.


Também gostei muito da protagonista Catherine. Ela consegue seguir as regras da sociedade londrina, mas sem perder sua personalidade livre. Ela tem todo um carinho pelas sobrinhas e irmãs caçulas de Tim. Eu gosto de como a autora consegue criar situações que parecem se encaminhar para um clichê, mas ela resolve de forma mais simples e natural. E acho que isso torna a história bem mais interessante.

Já li diversos romances de época, de autoras nacionais e internacionais, e dos brasileiros, essa é a autora que para mim, consegue mostrar mais a época de forma realista, sem modernizar demais, mas também sem deixar muito antiquado. A escrita é envolvente, os personagens são bem explorados e o livro traz muitos diálogos divertidos e cenas românticas também. É um livro que você lê rapidamente, porque ele é muito bom, e você precisa continuar lendo. É uma super indicação, para quem gosta do gênero Romance de época.







0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)