RESENHA | Retrato da farmacêutica quando artista, de Monique Brito


Monique Brito escolheu a arte para compartilhar como é a vida de uma farmacêutica. Através de sua primeira coleção de poemas, a autora mostra seu cotidiano aos leitores por meio de um ponto de vista que mistura a perspectiva científica e artística.

Surpreendente é a primeira palavra que me vem à mente quando tento definira leitura. Como leitor que não tem muito contato com livros do gênero, comecei a ler esperando mais um livro comum de poemas, o que não era. 

A maneira usada por Monique que, não só para nos dá uma ideia do que é sua vida, mas que também levanta alguns outros assuntos de determinada relevância, é ímpar e nos envolve, de maneira que o resultado é algo totalmente novo e interessante.

"Retrato da farmacêutica quando artista" mistura diversos elementos em seus poemas diferenciados que oferecem ao leitor uma experiência incrível.


0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)