RESENHA | Mente, de Audrey Carlan





Mente é o segundo livro da série Trinity, escrita pela autora Audrey Carlan, da série A Garota do Calendário. Nesta continuação, Gillian está ainda mais unida a Chase, seu noivo. Ela tem superado cada vez mais o seu passado e os traumas que seu último namorado lhe causou. Mas agora outro problema pode colocar em risco todo seu avanço, e a vida dela e de todas as pessoas que ela ama, incluindo Chase e sua grandes amigas. Seu perseguidor começa a ficar mais violento, e é difícil saber até onde ele pode chegar para conseguir o que quer: Gillian para ele.

Demorou, mas consegui a continuação do livro Corpo (Confira a resenha aqui). Dessa vez o livro é contado principalmente pela Gillian, mas com pequenas partes narradas pelo perseguidor misterioso. Isso foi uma bela sacada da autora, pois podemos acompanhar melhor o que passa pela cabeça dele, e como ele consegue planejar e executar seus planos. A história do livro foca principalmente em mostrar como está o relacionamento de Gillian e Chase, e o mistério sobre os planos e identidade do perseguidor. 

Mas também conseguimos acompanhar um pouco mais da relação entre as amigas de Gillian e todo o apoio que uma representa para a outra. Também é possível adentrar um pouco mais na história de cada uma, o que vai ser legal quando chegarmos nos dois últimos livros da série que irão focar na história de duas delas. Gosto da escrita da Audrey Carlan (resenhei aqui toda a série A Garota do Calendário). Mas as vezes acho que ela usa qualquer desculpa para inserir uma cena sexual. Talvez eu tivesse diminuído um pouco isso em Mente.


O relacionamento de Gillian e Chase é do tipo que vai fazer amar ou odiar. É fácil perceber que é um relacionamento bem fora do comum e que Chase é um personagem bastante controlador. E a Gillian aceita isso na grande maioria das vezes, principalmente porque ele tem a desculpa perfeita para ser assim, como esse perseguidor perigoso atrás de Gillian. É claro que Chase é bem diferente do ex namorado dela, e ele não tem nenhuma intenção de ser cruel ou violento com ela.

A autora deu um final bem impactante ao livro, que vai fazer o leitor sair correndo atrás do livro seguinte (Alma). Eu mesma estou super ansiosa para saber o que vai acontecer a seguir. Queria mencionar como a capa do livro está linda. Na verdade, todas as capas da série estão muito bonitas. Posso dizer que se você gostou de Corpo, o primeiro livro da série, você vai continuar gostando da série. Se você não gostou, é provável que continue com o mesmo sentimento aqui, já que o livro não traz nenhuma grande mudança para os personagens. Você decide se quer dar uma chance a essa série, que apesar dos problemas, traz um tema bem legal para discussão central.



0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)