RESENHA | Love Is In The Air, de Ler Editorial


Love Is In The Air é uma coletânea de quatro contos que se passam em Madrid em meados de 1800. Vem conhecer um pouquinho sobre cada uma delas.

DEUSA DE ANDALUZA, DE HALICE FRS
Basta liberar a coragem que cerra em seu âmago e entregar seu coração à loucura da paixão.
Diego Zarzosa é um restaurador que trabalha no Museu Real, atualmente Museu do Prado. Ele se via em meio às tintas e a adoração que tinha por Cibele, a deusa. Ele tinha sonhos de estudar e para isso, estava trabalhando e juntando dinheiro. Mas nada era mais importante no seu dia, do que aqueles instantes em que ele ficava parado admirando o a admirável Cibele.

Elena chega de imprevisto no ateliê para cumprir a sua função, limpar o local, mas eis que se assusta ao ver que o jovem Sr Zarzosa ainda está por lá. Eles conversam... Ele admirado pela real personificação de Cibele à sua frente; Ela por conhecê-lo e por perceber que é um bom homem. 

O que espera Diego e Elena são fortes emoções, descobertas interessantes e uma promessa de mais para eles. Adorei a escrita da Halice FRS, ela novamente me encantou e me levou a viajar pelo tempo.


LA GLORIOSA, DE HELENA ANDRADE
A inocência do sentimento presente no passado parecia ter se transformado em urgência de tocá-lo nessa noite.
Rosalina fora criada pelo tio e marquês, pois perdeu os pais ainda pequena. Ela tem grande admiração pelo tio e mesmo se desvencilhando de alguns pretendes arrumados por ele, ela ainda lhe tem muito apreço e obediência. Prestes a ser novamente prometida, ela encontra alguém que marcou o seu passado e o seu coração.

Juan está de volta a sua cidade natal, após muitos anos de exílio submetido à sua família. Assim ele chega decidido a descobrir as verdades escondidas há muitos anos. Em meio a tudo, ele encontrará sua amiga de infância Rosalina, e perceberá que sentimentos guardados, ainda existem em seu coração.

Nossos protagonistas estão prestes a presenciar uma revolução contra a coroa e precisarão ser fortes para não se perderem em meio aos segredos sórdidos que descobrirão. Um bela história, muito bem construída pela Helena Andrade. A aventura de dois corações e as descobertas que ambos terão.


A DIVA DA ÓPERA, DE CATIA MOURÃO
Recordei as juras de amor e promessas de felicidade que trocamos, quando ele me levou para casa.
Paloma está no auge da carreira, realizada profissionalmente e financeiramente. Agora, ela busca a felicidade do amor. Bom, isso ela já encontrou, mas que por alguns percalços, lhe fora afastado. Uma proposta de trabalho chega para abrilhantar ainda mais sua carreira. 

Percebendo a indecisão de Paloma, Santigo (agente dela) não medirá esforços para ter o que quis desde sempre. Paloma precisará ser forte e rezar aos céus por proteção, já que ele está cego pela luxúria do desejo.

Miguel ama e quer sua mada para sempre em seus braços. O perigo ronda, ele percebe, e lutará com afinco pela sua amada Paloma. Fortes emoções aguardam o leitor nessa história escrita por Catia Mourão. Adorei a trama e o desenrolar de tudo.

AMOR MALDITO, DE DANIELLA ROSA
Era como chegar ao céu e cair antes de tocá-lo.
Nesse conto conhecemos a sagaz Isabela, uma jovem com ideias e opiniões avançadas para a época. Além desse detalhe, ela ainda tem um segredo de família, que para aquela época, era um perigo se alguém soubesse. Atrasada para um jantar, ela e a amiga resolvem cortar caminho pelo parque proibido. Lá elas veem o monumento dedicado ao anjo caído, Lúcifer. 

Felipe de Bourbon transpira beleza e mistério. Um excelente partido para as moças, mas ele deseja apenas uma em especial. Em um jantar na casa da família Dupont, ele terá a oportunidade de conversar com Isabela, a jovem que despertou seu interesse.

Um instigante conto que deixa no ar a beleza de amar e dar ao amor o que ele precisa. Um anjo caído, uma jovem, dois amores... Amei o conto e leria um livro inteirinho desses personagens, isso se a autora Daniella Rosa, escrevesse. Cheio de emoções, com um amor diferente e um final surpreendente para todos!!!
O desafio que ela inocentemente propôs, há muito estava perdido, desde o dia em que se apaixonou por aquela que o instigou.

0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)