ESPECIAL | Trilogia Ela, de Diane Bergher

O amor chegou relativamente tarde na vida dos três sócios, mas Heitor pensava que a demora havia valido a pena. Cada uma delas se encaixava perfeitamente em cada um deles.
Sabe aquela trilogia amorzinho que a gente lê e fica suspirando pelos cantos?! 
Pois é, assim é a Trilogia Ela!!! Esses cinco casais... Sim, cinco casais, porque além das três histórias, ainda encontramos mais dois bônus durante a leitura. E serão desses dois spin-offs que irei resenhar hoje. Afinal, sou só suspiros por eles!!!

Um beijo que derrubou todas as defesas de Elisa e que exigiu que entregasse bem mais do que sua língua, mas sua alma também. 
Daniel, irmã de Camila, viúvo. Ele descobriu cedo a dor da perda e sofreu por muito tempo. Sua esposa e filho morreram em um acidente. Daniel sobreviveu ao acidente, mas perdeu tudo naquele dia pois suas duas alegrias deixaram de brilhar aqui na terra, para irem brilhar no céu. Ele precisou de muito tempo para se recuperar da perda e se centrar novamente. Reassumindo a presidência da empresa da família, ele retoma sua vida e tenta seguir firme e forte dia após dia.

Elisa, arquiteta, viúva. Elisa é daquelas mulheres fortes que se levantam todos os dias dispostas a superar as dificuldades e as tristezas por seus filhos, no caso dela, filho. Viúva há alguns anos, ela cria seu filho Tiago, um menino que expira cuidados especiais a sua saúde. 

Ambos já sofreram muito e buscam a felicidade nas pequenas coisas da vida, mas que aos poucos vão descobrindo a atração que sentem um pelo outro e resistir não será uma opção. 

Ela era dele e ele era dela, e não haveria nada, nem ninguém capaz de afastá-los, porque eles se amavam. 
Heitor é engenheiro, melhor amigo de Eduardo e Murilo, que também é seu cunhado. A amizade deles vem de anos, tanto que viraram sócios. Heitor tem um gosto peculiar quando o assunto é sexo, e bom, digamos que isso muda quando Sarah entra em sua vida. Sarah traz sentimentos e luz para a vida dele.

Sarah é uma jovem pura e inocente quanto as coisas da vida. Ela estudou num colégio de freiras e isso influencia um pouco pois a jovem nunca se apaixonou ou teve qualquer outro envolvimento com um homem. Sarah é doce, meiga, um encanto de mulher. 

Um amor puro que vem para completar dois corações e enlevá-los ao mais verdadeiro sentimento já vividos. Eles se completam, forem feitos um para o outro. Heitor ama sua esposa, mas tem receio de contar á ela sobre seu passado. Um inusitado convite mudará a rumo de tudo.
Pessoas de mundos diferentes e um amor que os une.
Impressões finais: Dois contos, dois casais, duas histórias contadas para acalmar vários corações que ansiavam por mais. A Trilogia Ela se mostra uma caixinha cheia de amor, prontinha para ser aberta e lida!!! Amei as histórias, adorei as capas e as diagramações. Super indico a leitura de todas elas!!!

0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)