ENTREVISTA MD | Carol Cappia

Boa tarde pessoal! Hoje é dia de ENTREVISTA MD!!!
E a entrevista de hoje é com a autora CAROL CAPPIA!!!

Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo. 
Maravilhosas Descobertas: Carol seja muito bem-vinda! Estamos curiosos para conhecer um pouquinho mais sobre você, então se apresente para os nós.
Carol: Bom, não sou muito boa de falar sobre mim, mas vamos lá. 
Tenho 24 aninhos, sou mãe do Felipe e do João e de duas gatinhas chamadas Jade e Jujuba. Amo música e preciso delas assim como de ar para respirar, sou uma leitora compulsiva, amo séries e sair com os amigos. Sou aquela amiga para todas as horas, mas que nunca sabe um bom conselho para te dar, porém está sempre disposta a ouvir. Sou chata, ciumenta e estressada, mas também sou aquela que vai levar um tiro por quem ama. 
Sou a autora que ama um bom drama e que não pisca antes de matar um personagem e fazer o povo sofrer, mas que também faz os leitores se emocionarem e aprenderem algo com as histórias. 

Maravilhosas Descobertas: Como e quando foi o momento em que você descobriu que tinha o dom da escrita? E como tem sido durante essa jornada? 
Carol: Foi em 2015, eu estava muito envolvida no meio literário e brincando com algumas amigas me veio a ideia para um conto. Levei como uma brincadeira e nunca que me imaginava como uma escritora de verdade, então o carinho com que fui recebida pelos leitores que fui conquistando e o quanto eu amei dar vida a personagens me fez ver que eu amava aquilo. A jornada não é fácil, mas subindo um degrau de cada vez eu vou seguindo, muito feliz com tudo o que já conquistei. 

Maravilhosas Descobertas: "Fragmentos" é o primeiro livro da trilogia Marcas da Guerra. Como surgiu a inspiração para essa trilogia e o que podemos esperar dela.
Carol: Eu estava deitada e ouvindo uma música meio de foça, não me recordo qual, então pensei eu queria um enredo bem tocante, uma história de um soldado que voltava da guerra e tinha que lidar com os traumas. Fui dormir com aquilo na cabeça e no dia seguinte era sete e pouco da manhã e eu estava mandando áudio para a minha amiga/beta e pau para toda obra Larinha Vilhalba, um áudio de cinco minutos, contando todo um enredo. A história foi se moldando com os dias e acabou se formando algo cada vez maior.  Quando eu estava quase na metade do livro, eis que um dos personagens, com a influência das leitoras, decide criar vida e ter a sua própria história. Mas não parou por aí, outro personagem, que inicialmente estaria morto, decidiu voltar para fechar a Trilogia Marcas da GuerraO que posso dizer sobre os enredos que envolvem essas três histórias e que eles são emocionantes e que mais que apenas uma leitura vai te fazer pensar e rever vários pontos da vida. Espere risos, lágrimas, amor, ódio e muita emoção. 


Maravilhosas Descobertas: Ainda sobre "Fragmentos", gostaria que você nos contasse um pouco sobre a história de Connor e todas as marcas que ele carrega consigo.
Carol: Connor foi criado em um orfanato e nunca conheceu a sua família, ainda bem novo, ele decidiu se alistar para o exército e o único amigo que ele tinha, Richard, decidiu fazer o mesmo. Ambos serviram por anos e conheceram Elliot, outro soldado que foi quem mostrou ao Connor que ele poderia ter uma vida além do campo de batalha. Porém as coisas não saíram como previsto e Connor acabou ficando de refém por dois anos, Elliot faleceu e Richard desapareceu. Quando Connor volta a civilização, ele se vê perdido, sem saber como sair da guerra que ainda se encontra dentro dele. Nesse interim ele conhece Ella, irmã do Elliot e a mulher por quem Connor é apaixonado, mas não se acha digno por tudo o que já viveu. Em Fragmentos vemos a história do Connor, em como ele consegue superar os seus traumas e encontrar o sentido da vida novamente, mas também conhecemos a história da Ella e enxergamos o quanto cada pessoa lida com a dor de uma forma, o quanto, apesar de tudo, ainda há uma solução e esperança para continuar. Juntos, eles nos mostram que por mais difícil que seja uma situação, há um solução. Em Fragmentos o leitor vai encontrar o amor, de todas as formas, a amizade, a solidariedade e esperança. 

Maravilhosas Descobertas: Sua primeira trilogia intitulada "No Ritmo" vem nos embalar no ritmo de sentimentos e sensações. Conte-nos sobre essas histórias e o que podemos esperar de cada casal.
Carol: Em No Ritmo do Prazer conhecemos Patricia, uma mulher que tem um passado que deveria estar enterrado, mas que decidiu voltar para atormentá-la. Ainda muito nova, Paty sofreu uma grande desilusão amorosa, o homem que ela achava ser o amor da sua vida a abandonou grávida e sumiu no mundo. Infelizmente ela perde o bebê e com muito custo consegue se reerguer, então quando sua vida finalmente entra nos eixos novamente ela o reencontra. Porém, aparentemente os anos o fizeram esquecer dela e de tudo o que a fez passar.
Marco também tem um passado que prefere esquecer, mas quando vê Paty não consegue controlar o que sente. Ele a ama, porém ela foge dele como o diabo foge da cruz e ele nem sabe o porquê. 
Em meio a muitas confusões, revelações e romance os dois acabam se acertando e descobrindo que nem tudo é o que parece ser. 

Em No Ritmo do Amor conhecemos Bianca e Rodrigo, amigo do Marcos e da Paty, os dois se conhecem em uma situação inusitada, Rodrigo está sequestrado e Bianca é quem cuida dele, até que descobre que está grávida e com a promessa de ajuda, foge junto do Rodrigo, que acaba se apaixonando por ela. 
Bianca é uma jovem que perdeu a mãe assim que nasceu e foi criada pela avó, já que o pai a culpa pela morte da mãe, mas quando a avó morre ela é obrigada a viver com o homem que a odeia e não tem um pingo de sentimentos. Vendida como uma mercadoria, ela vai parar nas mãos de um homem que apesar de tudo a ajuda, até que ela descobre que está grávida e por seu filho decide muda mais uma vez de vida. Rodrigo se apaixonou por Bianca assim que a viu e não mede esforços para fazê-la feliz, não só a ela, mas também aquele bebê que ele já considera como filho. Mas para isso os dois terão que aprender a superar as barreiras que o passado impõe. 

O terceiro livro da trilogia ainda está sem um enredo certo, por isso não vou poder falar sobre ele. 


Maravilhosas Descobertas: Além desses livros, você ainda também tem um conto chamado "A Tentação Mora Ao Lado". Conte-nos um pouquinho sobre ele.
Carol: A tentação foi a minha iniciação no mundo da escrita. É um conto hot, mas com cenas engraçadas e marcantes. Algo leve, divertido e sensual. 
Lucas e Lucy são vizinhos e em uma noite descobrem o quanto eles têm em comum tanto na cama quanto fora dela. 

Maravilhosas Descobertas: "Reaprendendo a Amar" é um livro único e traz a história de Rule, que também é bem sofrida e marcante. Como foi escrever essa história? E já notamos que suas histórias são sempre fortes, você descreveria isso como a sua marca? O seu diferencial?
Carol: Acho que posso dizer que enredos fortes e carregados de emoções com certeza são uma característica minha. 
Escrever reaprendendo foi um salto na minha escrita, algo diferente dos outros livros, mas que me trouxe um amadurecimento sem igual. Foi triste em vários momentos, mas também foi muito amor. Eu amei criar uma história onde uma criança era uma peça chave e fico muito feliz por ouvir tantos elogios e amor em relação a Mel e a história. 


Maravilhosas Descobertas: Agora vamos falar sobre a série "Vencendo Medos". Qual o seu enredo e como ela se apresentará aos leitores?
Carol: A série Vencendo Medos são histórias para as amigas, cada enredo é criado com o nome de uma amiga ou leitora que me pede um personagem. Eu crio as histórias, mas elas são a peça chave, as características tanto físicas quanto de personalidade são totalmente da homenageada da vez. 

Maravilhosas Descobertas: Adoramos saber das novidades e essa é a famosa hora em que perguntamos: O que vem por aí? Quais serão seus próximos lançamentos?
Carol: Ainda esse mês de junho tem um conto da Trilogia Marcas da Guerra, Primícias, que conta a história do Roland e da Lisa. 
Em seguida teremos Sexy Tape, um projeto novo que está me pagando de jeito, uma comédia romântica com um pegada sensual. Depois tenho o segundo volume da Trilogia Marcas da guerra, Equívocos, que conta a história do Travis e da Hannah. E vários outros, ainda sem previsão. 

Mensagem para os leitores: Muito obrigada por todo o carinho e atenção. E para finalizar gostaria que você deixasse uma mensagem para nós seus leitores.
Carol: Acho que só posso agradecer a cada um deles, agradecer pelo carinho, apoio, paciência. E também dizer que sem eles eu seria eu. 

Pingue Pongue com a autora:
Um sonho – Conhecer as Ilhas Maldivas.
Um momento – O nascimento dos meus filhos. 
Um filme – Dirty Dancing: Ritmo quente.
Um livro – Playboy Irresistível. 
Uma música – Brand New Me – Alicia Keys
Escrever é... criar um novo mundo através das palavras. 

Redes Sociais do Autor: Wattpad | Instagram | Facebook

Bom pessoal, espero que tenham gostado e curtido a entrevista. 
Gostaram?! Comente, curtam, divulguem!
Beijos e até a próxima!

0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)