CRÍTICA | DEADPOOL 2

Em 2016 tivemos nosso primeiro contato com o super-herói mercenário sarcástico e desbotado de Ray Raymond, Deadpool. Nele tivemos um filme totalmente único, mais adutor de "heróis" trazendo muita ação, violência gratuita e provando para a indústria de cinema que funciona sim um filme de super-heróis adulto.

Resultado de imagem para deadpool 2

Nesse segundo filme, a Fox voltou com a mesma fórmula de antes, porém com um pouco mais de grana investida e uma pitada de drama que faz o público se envolver ainda mais na história do anti-herói. Os pequenos erros que tivemos no primeiro filme, como piadas excessivas e problema de fluxo, nesse acertamos em cheio. 

Agora, em 2018, vemos um enredo mais completo, com piadas mais refinadas e que mesmo com uma subsequencia clichê, onde vemos Cable, nosso vilão, viajando no tempo para reparar um futuro catastrófico, ainda assim nos convence que uma trama onde um protagonista que só pensa nele mesmo está começando a se importar um pouco mais com as pessoas a sua volta e que está passar por uma etapa pesada de sua vida é algo simplesmente incrível de se acompanhar. E deixamos de lado o Deadpool do primeiro filme que não ligava para nada a não ser o próprio traseiro.

Resultado de imagem para deadpool 2

Com piadas e cheio de referências nas horas certas, Deadpool 2 só perde na hora do timing na trilha sonora. Mesmo que ela seja ligada diretamente ao humor do filme, onde sempre esperamos rir do inesperado, as vezes uma boa trilha sonora de ação em uma cena de ação vale muito mais a pena. Em algumas cenas chega a ficar decepcionante achar o mais do mesmo num filme que tem propõe exatamente o oposto.

De qualquer forma, o filme é um marco para essa nova fase que a Fox está vivendo com seus heróis. E, sem sombra de dúvida, podemos esperar muitas coisas boas por ai, como, por exemplos, a tão esperada união com os X-Men.

Imagem relacionada
Nota: Deadpool 2 será apenas exibido nos cinemas para maiores de 18 anos. Não é permitido a entrada de menos com autorização ou acompanhados de maiores.

0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)