SIGNIFICADO DA MÚSICA BELLA CIAO (SUA RELAÇÃO COM JOGOS VORAZES E PORQUE TOKIO É A PROTAGONISTA)

Na época do lançamento de A Esperança, ultimo filme da série Jogos Vorazes, conversamos um pouco sobre a música Árvore-Força, simbolo da resistência contra Panem. Agora, em 2018, estejamos todos nos deparando e cantando junto a música Bella Ciao, simbolo principalmente da resistência italiana antifascista, ainda mais popularizada agora pela nova série queridinha da galera; La Casa de Papel

Lembro que nessa postagem (pode clicar aqui) tivemos muitos comentários críticos-negativos sobre o texto que falava sobre a MORTE como uma saída. Árvore-Forca nada mais é do que isso. Bella Ciao também. A morte sob aquilo que se acredita. E é isso que as músicas de todos os tipos de resistência falam. Lute por aquilo que se acredita, mesmo que isso custe seu ultimo suspiro, porque se não, você já estará morto.

Resultado de imagem para bella ciao

Porém, diferente do que muita gente vem lendo por ai, Bella Ciao foi originalmente criada bem antes do Partido Comunista Italiano ter feito essa nova versão que conhecemos hoje. Não se sabe exatamente a origem, porém a mais provável é que a mesma foi composta em meados do século XIX por camponesas italianas em protesto contra a opressão. Trabalhadoras temporárias, colhedoras de arroz, começaram a cantar ao longo do dia, sem parar, uma música contra seus capatazes:

E entre insetos e mosquitos, o bela, ciao, um duro trabalho devo fazer.
O capataz em pé com seu bastão, o bela, ciao, e nós, encurvadas, a trabalhar!

Trabalho infame, por pouco dinheiro, o bela, ciao!

e a consumir a tua vida !
Mas virá o dia em que todas nós, o bela, ciao, trabalharemos em liberdade.

Tudo isso começou nos arrozais ao redor de Padania. Vejam, não sei vocês, mas eu achei bem semelhante com a cidade de Jogos Vorazes; Panem. E não venham me falar que é coincidência. É quase impossível que Suzanne Collins tenha feito uma obra tão completa quanto sua trilogia e não tenha se inspirado na história original.

Resultado de imagem para bella ciao

Essa música vem sendo cantada até hoje em diversos momentos da história do nosso mundo. Durante a Primeira Guerra Mundial contra o conflito, em Maio de 1968 por operários e estudantes como forma de rebelião e hino comunista, e mais recentemente, em 2015, pelo partido de esquerda Syriza, vencedor das eleições gerais na Grécia. Quase pudemos escutar daqui o povo cantando em plenos pulmões a música contra o fascismo e a opressão dos trabalhadores e camponeses. Quanto tempo falta para nós, Brasileiros?

A versão mais conhecida de Bella Ciao, aquela que hoje estamos cantarolando sem parar, foi reformulada na Segunda Guerra Mundial. Eu vou colocar abaixo a tradução mais conhecida por todos, mas vou permanecer com duas palavras: Ciao e Partigiano, que era como eram chamados os membros da resistência (prometo que faz sentido continuar com essas palavras):

Uma manhã, eu acordei
Minha bela, ciaoMinha belaciaoMinha belaciaociaociao!
Uma manha, eu acordei
E encontrei um invasor

Oh, Partigiano, leve-me embora
Minha bela, ciao! Minha belaciaoMinha belaciaociaociao!
Oh, Partigiano, leve-me embora
Porque sinto que vou morrer

E se eu morrer como Partigiano
Minha bela, ciao! Minha belaciaoMinha belaciaociaociao!
E se eu morrer como Partigiano
Você deve me enterrar

E me enterre no alto das montanhas
Minha bela, ciao! Minha belaciaoMinha belaciaociaociao!
E me enterre no alto das montanhas
Sob a sombra de uma bela flor

Todas as pessoas que passarem
Minha bela, ciao! Minha belaciaoMinha belaciaociaociao!
Todas as pessoas que passarem 
Me dirão: Que bela flor!

E essa será a flor da Resistência
Minha bela, ciao! Minha belaciaoMinha belaciaociaociao!
E essa será a flor da Resistência
Daquele que morreu pela liberdade

E essa será a flor da Resistência
Daquele que morreu pela LIBERDADE!

Ok, agora vamos entender a música. Do jeito que eu entendo. Não vou envolver história aqui, até porque como eu disse, a música foi cantada em diferentes situações. Vou colocar uma imagens de La Casa de Papel também para vocês notarem a semelhança de tudo que digo. Vamos lá:

Uma mulher (sim, uma mulher. Lembrem-se; a música foi composta e cantada originalmente por mulheres). Então, uma mulher acorda no meio da noite e encontra um (a) invasor(a). Alguém que não podia estar ali, mas está mesmo assim. Alguém que não devia estar indo contra tudo aquilo que estava sendo vivenciado, mas ali estava O Invasor. O Partigiano.

Ela, por conta do medo ou por não gostar daquilo que o mundo em que ela vive esta a sujeitando a fazer, sente que vai morrer. Sente que aquilo ali que está acontecendo com ela, com o mundo dela, não é o que ela quer para ela. E que permanecendo ali, de uma maneira ou de outra, ela se sentirá morta. Então ela pede para que o Partigiano a leve embora. "Oh, Partigiano, leve-me embora" junto a ti. A expressão "OH" mostra que estamos fazendo um pedido ao Invasor.

Imagem relacionada

No terceiro paragrafo ela fala: "Se eu morrer como Partigiano". Nessa parte ela já havia se decidido, ela não se importa se morrer como um membro da resistência. Ela já tinha escolhido o caminho dela e não importava se ela morresse com essa escolha. Essa escolha é melhor do que as condições que ela estava sendo imposta/obrigada a cumprir.

Resultado de imagem para la casa de papel  cenas tokio

Ela esta disposta a morrer como Partigiano. E ela fala: "Se eu morrer como 'membro da resistência' você DEVE me enterrar". Você deve enterrá-la porque ela esta morrendo dignamente. Ela "escolheu" a morte não porque não queria mais viver. Ela escolheu a morte por que sua dignidade já não era mais dela. Se permanecesse, ela iria estar colaborando contra o que a sua dignidade, seus princípios, seu valores, achavam que era o certo. Então ela deverá ser enterrada, porque o enterro pra tal sociedade, é o que todas as pessoas dignas merecem.

Imagem relacionada

E ela pede que a enterrem no alto de uma montanha sob a sombra de uma linda flor. Porque quando isso acontecer, caso aconteça, seu corpo já não vai mais está ali naquele mundo. Mas sua alma, tudo que ela fez para sobreviver, tudo que ela acreditou, ainda deve permanecer vivo para contar essa história. Porque ela acredita, ela sabe que isso é o certo a se fazer. Ela morreu sim, mas a resistência ainda viverá enquanto os opressores sobreviverem.

As pessoas que passarem pela flor irão dizer à ela: Que bela flor. Mas calma, não dirão  apenas à flor, dirão à ela. A mulher que foi oprimida, que lutou a favor da sua liberdade, a mulher que já está morta sobre a bela flor, a mulher que um dia cantou essa música. Ela não é a protagonista como muitos pensam, a protagonista da música é a própria RESISTÊNCIA. A mulher é apenas mais uma flor da resistência que morreu pela liberdade.

Resultado de imagem para la casa de papel berlin morte

Bonita, não é? Vejam na postagem sobre a música Árvore-Forca quanta semelhança. Essas duas músicas são resultados de uma resistência e elas nos dão a mesma sensação quando a entendemos completamente. Em todos os seus parágrafos.

Acho que Katiness interpretou errado Árvore-Forca alguns anos atrás; peço desculpas porque me deixei levar por ela. Como tinha falado, percebemos ao longo da música que o homem morto pede para que sua amada venha o encontrar na árvore a noite para que eles possam ser livres. Mortos. Juntos

Mas eu errei. Na verdade, assim como em Bella Ciao não temos esse pedido. A bela Flor pede apenas que todos continuem seguindo os seus princípios e não se deixem oprimir. Mesmo que a única alternativa seja lutar até a morte por aquilo que se acredita.

Imagem relacionada

E, para finalizar, sei que muitas traduções falam que Ciao na música significa Adeus. Ciao pode sim significar adeus em algumas situações, mas também pode ser traduzido como "Olá". Para mim, nessa música, a Flor da Resistência está dando Olá a todos aqueles que estão entrando na revolução. 


"Bela, Olá! Bem vinda a resistência!"

Uma música feita por mulheres para mulheres. "Minha bela, Oi! Não desisti não. Uma hora sua tão esperada liberdade chegará. E se não chegar, venha comigo e seja mais uma bela flor da resistência que lutou e morreu pela liberdade."

1 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)