CRÍTICA DE FILME: TRÊS ANÚNCIOS PARA UM CRIME

Hoje (15/02) tem estreia, e é daqueles filmes que vale a pena ver. 

Para quem está maratonando os filmes que foram indicados ao OSCAR 2018, Três Anúncios para um Crime não pode ficar de fora. São 7 indicações a estatueta de ouro mais cobiçada.


O filme conta um elenco de peso, temos até o nosso Tyrion (Peter Dinklage) nele. Mas precisamos falar sobre a protagonista Mildred Hayes (Frances McDormand), que MULHER senhores! Que atuação. Ela deu vida ao personagem de uma forma estrondosa e forte, mostrando que uma mulher em meio a diversos problemas e situações pode e deve lutar por aquilo deseja. 

Não é atoa de que esta concorrendo ao Oscar melhor atriz.

Vamos falar do filme?

TRÊS ANÚNCIOS PARA UM CRIME, conta a história de Mildred, uma mãe que teve sua filha brutalmente assinada. Inconformada com a resolução do problemas com a justiça local, resolve usar três outdoors próximos a sua casa, em uma estrada que não havia movimento, para anunciar o descaso da policia em relação ao que aconteceu com sua filha, questionando o por que de não terem pego o assassino. 

O que ela não esperava, ou esperava, era que o os anúncios colocados fossem tomar uma proporção em toda a cidade, para alguns comoção e para outros um grande problema. Após colocarem os anúncios, todos a sua volta começam a ser atingidos e forma como a personagem principal precisa começar a lidar com isso é que faz o filme se tornar atraente


A critica que o filme faz a justiça, em modo geral, sobre a acepção de casos, é mostrado nesse filme de uma forma muito atual e nada fictícia. E como levam as pessoas a casos extremos em que elas próprias decidem fazer justiça com as próprias mãos. 

Sou suspeito para falar sobre as filmagens e locais onde foram gravados, pois sou apaixonado pelas cidades do sul do Estados Unidos, não sei se é por serem bem caricatas, mas me chamam muito a atenção. E foram usadas em excessos nesse filme, dando um toque bem peculiar.

O Filme apesar de ser um drama/policial tem muitas doses de ironia, o que traz em diversas vezes o riso solto no filme. Em contra partida a mensagem que ele traz é grande e nos faz refletir sobre toda politicagem que impera.

Não fiquei nem um pouco insatisfeito com esse filme, por mim já poderia levar o Oscar. haha

Vou deixar abaixo as categorias em que o filme está concorrendo:

1 - Melhor Filme
2 - Melhor Atriz
  • Frances McDormand
3 e 4 - Melhor Ator Coadjuvante
  • Woody Harrelson
  • Sam Rockwell
5 - Melhor Roteiro Original
6 - Melhor Montagem
7 - Melhor Trilha Sonora Original

0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)