O JEITO QUE ME OLHA, DE BELLA ANDRE


 
O jeito Que Me Olha, da autora Bella Andre, é um romance contemporâneo sobre Rafe Sullivan, um conhecido detetive particular que anda desgastado com os casos que sua empresa anda pegando. Depois de ver tantas traições e mentiras, Rafe não possui mais confiança em ninguém além de sua família. Na tentativa de descansar e resgatar um antigo imóvel da família, ele compra de volta a antiga casa do lago que uma vez pertenceu a sua família, e que foi vendida a muito tempo.

Ao visitar o lugar ele fica surpreso ao reencontrar Brooke Jansen, uma menina da vizinhança que sempre estava com os Sullivans no lago, e que agora é uma mulher formada e muito sensual. A atração entre os dois é instantânea, mas a última coisa que Rafe quer é estragar a amizade entre os dois. Será que ele consegue evitar se envolver quando a própria Brooke deixa claro que quer ter um caso de verão com ele?

Rafe é primo da numerosa família Sullivan que protagoniza os primeiros livros da Bella Andre, e resenhei um deles semanas atrás (Confira Aqui). O jeito que me olha abre uma nova parte da série, focando em outro lado da família Sullivan, formado por Rafe e mais quatro irmãos. Rafe é um homem bonito, focado no trabalho, que possui uma empresa especializada em investigação particular. Depois de mais um caso investigado de traição conjugal, sua irmã Mia apresenta a oportunidade ideal para que ele tire umas férias e traga de volta para a família a casa que foi tão especial na vida deles. Rafe é um personagem bem maduro, carinhoso, protetor e tudo mais que uma garota pode querer.


Ele fica de queixo caído quando reencontra Brooke que agora mora na casa ao lado, uma mulher doce, inocente, mas ao mesmo tempo sexy, que trabalha fazendo trufas deliciosas. Ela sempre teve uma paixonite por Rafe desde que tinha oito anos, e quando percebe que ainda se sente da mesma forma, ela decidi aproveitar essa atração e ser um pouco mais "selvagem", já que sempre viveu na linha da segurança. Brooke é uma personagem pra não se colocar nenhum defeito, ela consegue ser uma combinação de qualidades, fica claro até para Rafe que ela é uma garota que não se pode deixar escapar.

Gosto dos livros da Bella, porque ela trás uma variedade grande personagens e histórias, com dramas diferentes, e em um nível em que ela não precisa criar situações forçadas para desenvolver  uma história. No caso desse livro, gostei de como a amizade deles acontece, como a cenas românticas são bem escritas e desenvolvidas, e de como os dois conseguem perceber seus sentimentos e lidam com isso de forma tão madura e real. Gosto de livros sobre grandes famílias, que aparecem e se metem na vida um dos outros, mas sempre com boas intenções e algumas risadas.

Como acontece em todos os livros da Bella Andre, não é necessário ter lido os outros livros para ler esse, mas é claro que recomendo a leitura de todos, porque são ótimos, e diversão garantida para quem gosta de um bom romance. O livro seguinte, que é sobre Mia (irmã de Rafe), Preciso do eu amor, já foi publicado no Brasil, e ainda faltam os livros sobre os outros três irmãos.



0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)