CRÍTICA DE FILME: O INSULTO


Cabine de Imprensa na área e não podia ser menos do que um filme concorrente ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2018

O INSULTO, é um filme de origem libanesa que se passa em Beirute. Conta a história de Toni um cristão libanês que tem seus dias não muito diferente dos nossos. Cuida da sua casa, esposa que por sinal esta grávida, e tem como trabalho uma oficina mecânica. O filme também vai contar sobre Yasser, um refugiado palestino que é chefe de uma obra que está sendo realizada no bairro onde Toni mora. 

Por conta de um mal entendido, Toni molha a cabeça de Yasser enquanto regava suas plantas, e é onde todo o desenrolar da trama acontece. Por conta de um insulto, o caso vai parar em julgamento e torna-se de conhecimento nacional.


Podemos colocar aqui uma comparação com a eterna guerra entre Libaneses e Palestinos, e a forma como o filme aborda isso, podemos dizer, foi de uma maneira intensa e real. Mostrando como os povos se odeiam, mas que na realidade é algo que está entranhado em sua genética, e que dependendo das pessoas esse sentimento pode ser revertido.

Não posso deixar de falar sobre a questão política, que também alimenta o sentimento de patriotismo nas pessoas, levando a cometerem crimes de ódio contra os refugiados, e a suscitarem revoltas extremistas.

O filme é digno de um OSCAR, não deixa a desejar em nada, o drama, a fotografia e a filmagem. Os atores então, foram muito bem escolhidos, e mostraram a força de um filme de origem árabe.

Nos resta agora torcer e e aguardar a premiação.

Fique com trailer:

0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)