UMA DOBRA NO TEMPO, DE MADELEINE L'ANGLE


Para os fãs de fantasia, ciência e mistérios, Um Dobra no Tempo é praticamente uma obrigação. O livro foi publicado, pela primeira vez, em 1962 depois de ser rejeitado por quase trinta editoras. A autora tem algumas teorias para tentar entender essa dificuldade, dentre elas: o fato da história ser diferente demais, de envolver assuntos pesados e complexos demais para crianças, e até mesmo por ter uma menina como personagem principal.

Se ainda não conhecem, o livro conta a história da família Murry, mais especificamente de Meg Murry, uma menina brilhante, porém emocionalmente imatura, o que a faz ser vista por muitos como um problema. Meg vive com a mãe, os gêmeos, o pequeno gênio Charles (que, além de super maduro e inteligente, parece poder ler a mente da irmã) e não perde a esperança de que o pai ainda voltará de uma viagem misteriosa. No dia em que conhece as senhoras Quequeé, Quem e Qual, ela começa a descobrir algumas pequenas coisas que podem ajudá-la a saber mais sobre o paradeiro de seu pai. Nesse meio tempo, Meg se aproxima de Calvin que se juntará à missão. 

Numa aventura por todo universo, Meg, Charles e Calvin visitam vários lugares com cenários super diferentes e muito bem descritos, o que possibilita que nossa imaginação vá longe. E por falar da descrição, toda a narração é muito bem construída. Honestamente, não é das mais simples, se não lida com atenção, a história pode ser um pouco complicada de entender, mas nada que prejudique o conteúdo perfeitamente escrito.


Essa edição publicada pela Harper Collins Brasil está impecável também. Por ser uma edição comemorativa de 50 anos da publicação original, o livro foi relançado aqui no Brasil em capa dura e ainda com conteúdo extra. Ah! E não sei se vocês sabem, mas esse é apenas o primeiro de uma coleção de cinco livros, e há boatos de que os outros quatro também terão suas edições comemorativas e que também estão maravilhosas!!

Vale lembrar também de que o livro já foi adaptado pra um filme que foi exibido apenas na TV em 2003, e que no ano que vem uma nova adaptação, dessa vez para os cinemas, será lançada com um elenco sensacional. Ambas as adaptações foram feitas pela Disney, então estou bastante curioso para comparar os dois.


0 comentários

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)