Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?node=16337903011&pf_rd_m=A3RN7G7QC5MWSZ&pf_rd_s=merchandised-search-1&pf_rd_r=25NB0E9QZ77ARZK9R4XS&pf_rd_t=101&pf_rd_p=016d5e8e-fbd7-4556-89df-e2fa66391ee3&pf_rd_i=16337903011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=fd09f073782dbee08f43fefbb4db448b

ACEITAÇÃO ÀS AVESSAS

"Um absorvente interno de repente acertou-a no peito e caiu a seus pés com um ploft. Uma flor vermelha manchou o algodão e se espalhou. Uma gargalhada, enojada, desdenhosa, horrorizada, pareceu crescer e desabrochar em algo cortante e feio, e as meninas já a bombardeavam com tampões e absorventes, alguns tirados de bolsas, outros, da máquina quebrada na parede. A saraivada parecia uma nevasca caindo, e o refrão começou: - Ar-ro-lha, ar-ro-lha, ar-ro-lha... ".

Trecho da primeira parte do livro de Stephen King mostrando claramente o tipo de atrocidades que a personagem principal passava diariamente em seu ambiente escolar e que, atualmente, denominamos de Bullying, agressões essas que variavam entre verbais e físicas, transformando o psicológico da Carrie em um campo minado.


O termo Bully, enquanto nome é traduzido como valentão, tirano e, como verbo, brutalizar, tiranizar e amedrontar. Desta forma Bullying pode ser definido como um comportamento cruel intrínseco nas relações interpessoais, em que os mais fortes convertem os mais fracos em objetos de diversão e prazer, através de "brincadeiras" que disfarçam o propósito de maltratar e intimidar.

O Bullying é tratado como um fenômeno novo porque nas últimas décadas se transformou em objeto de estudo e investigação, o que despertou na sociedade uma preocupação para com suas consequências nocivas, uma vez que, se evidencia pela ascendência do valentão ao projetar sua maldade com requintes de perversidade de maneira oculta em todo o ambiente escolar. E, o Bullying, pode, também, ser considerado um fenômeno antigo por se tratar de uma forma de violência que sempre se fez presente nas escolas.


Com uma mente conturbada, dividida entre os desejos de ser uma menina normal como todas as outras de sua escola e aceitar as imposições religiosas da mãe, agregado ao Bullying praticado pelos colegas na escola, Stephen King nos mostra a realidade de Carrie White, uma menina tímida e desajeitada que só queria se enquadrar no padrão da comunidade em que vivia. Evidenciando que, as agressões escolares não eram recentes e sim, do seu primeiro ano de escola pois, como era uma cidade pequena, os colegas eram sempre os mesmos.

O final do livro nos mostra uma das várias forma de como uma pessoa que sofre Bullying pode reagir aos seus agressores e a si mesma - deixando bem claro que a forma como cada vítima reage depende muito do estado psíquico que ela adquiriu devido a tudo que foi obrigada a passar - quando este não aguenta mais sofrer continuamente.


Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.