Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?node=16337903011&pf_rd_m=A3RN7G7QC5MWSZ&pf_rd_s=merchandised-search-1&pf_rd_r=25NB0E9QZ77ARZK9R4XS&pf_rd_t=101&pf_rd_p=016d5e8e-fbd7-4556-89df-e2fa66391ee3&pf_rd_i=16337903011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=fd09f073782dbee08f43fefbb4db448b

ALÉM DA MAGIA, TAHEREH MAFI

Tahereh Mafi, a autora de Além da Magia, é best-seller no Brasil com sua série Estilhaça-me, composta por três livros. Curiosa que sou, fui pesquisar sobre a trilogia para entender melhor a forma de escrever da autora e ver se o novo livro tinha algum paralelo com seus mais vendidos por aqui. Qual não foi minha surpresa, quando percebi que Além da Magia tinha um estilo bem diferente.


O livro conta a história de Alice Alexis Queensmeadow, uma menina diferente de todas as outras crianças de Ferenwood, o lugar cheio de cor em que mora com a Mãe e os irmãos, trigêmeos. Pai, o melhor amigo e incentivador de Alice, saiu de casa com apenas uma régua e jamais voltou. A trama se desenrola a partir do sumiço de Pai e de um grande evento que acontece anualmente em Ferenwood, a Entrega.

Alice espera ansiosamente pela Entrega e espera poder mudar o seu destino depois dela. A cidade, que é repleta de magia, não está preparada para os dons de Alice, tampouco para a peculiaridade que ela traz e é depois de esbarra com Oliver, um inimigo-amigo, que Alice embarca em uma aventura gostosa demais de ler.

Na narrativa, a autora (e a tradução – meus sinceros parabéns aos tradutores!) usam figuras de linguagem que são quase poesia. A angústia se transmuta em “seu coração, pobrezinha, havia criado pés e agora lhe chutava o peito”. A saudade, em “Alice acordava no meio da noite raspando o fundo do coração em busca dele, e toda vez saía com dor e vazio”. O livro é delicioso!


Além de tudo, é impossível não fazer um paralelo com a Alice de Lewis Caroll. A Alice de Tahereh também embarca com muita coragem em uma aventura num lugar que, bem, podemos dizer ser um País das Maravilhas, onde o nonsense reina e os perigos são muitos.

Ao final, Alice está completamente transformada, assim como estão as vidas daqueles que com ela vivem. A garotinha peculiar de Ferenwood se torna mais conhecedora de si mesma e compreende melhor seus pais e amigo (Oliver, o único). As fases de seu crescimento ficam bem claras. E essa jornada pelo autoconhecimento da personagem é que faz todo o livro valer a pena.

                                                                                           

Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.