Header Ads

SENHOR DAS SOMBRAS, DE CASSANDRA CLARE



Este mês foi lançado o segundo livro da trilogia Artifícios das Trevas, da autora Cassandra Clare, famosa pelo universo dos Caçadores de Sombras, que já deu origem a mais de 10 livros. A continuação do livro A Dama da Meia Noite (Confira a resenha Aqui) começa pouco depois do fim do primeiro livro. O feiticeiro Malcom Fade foi morto por Emma, após descobrirem que ele era o vilão por trás dos acontecimentos estranhos na cidade e ele ter sequestrado Tavvy Blackthorn para um sacrifício que traria sua amada Annabel de volta a vida. E depois de descobrir sobre a maldição que causa loucura e morte aos Parabatai que se apaixonam, Emma decide fingir um namoro com Mark para tentar fazer Julian esquecer dela. Mas o afastamento entre ele e Emma só parece causar mais dor e tornar os sentimentos dos dois ainda mais forte.

Em meio aos sentimentos complexos que envolvem Cristina, Mark e a volta de Kieran, uma nova ameaça surge, quando uma caçada pelo Volume Negro (um livro carregado de magia das trevas) passa a ser o desejo de seres poderosos, e uma arma que caso caia em mãos erradas, pode causar a destruição de tudo o que resta dos Caçadores de Sombras. Assim, nosso grupo guerreiros partem em uma missão pelo reino das fadas e outros Institutos, em busca de respostas e de uma forma de manter a família reunida e impedir que uma nova guerra estoure.

Eu estava bem ansiosa pelo lançamento desse livro, porque adoro esse universo dos caçadores de sombras, e porque queria muito saber como as coisas entre a Emma e Julian iriam se resolver. Mas o livro trás ainda mais coisa, quando aproveita as tramas secundárias de outros personagens, como Kit Rook, que descobre ser um Herondale, e a dinâmica interativa entre Mark, Kieran e Cristina. É muito bom como todas as histórias são interessantes e se tornam importantes para o desenrolar da história principal. Sempre gostei de como a autora consegue ser realista e até mesmo cruel com a trama. Porque estamos falando de um universo que é muito duro com seus integrantes. Como costumam dizer: A lei é dura, mas é a lei.


Os mistérios, reviravoltas e surpresas que envolvem a trama são um ponto alto do livro e deixam o leitor sempre curioso sobre aonde isso vai dar. Quando as coisas parecem se resolver, algo acontece e ficamos ansiosos de novo, sem saber como os protagonista vão conseguir resolver todos os problemas. Queria dar um destaque a como a autora inseriu algumas temáticas novas, como por exemplo o autismo. Achei bem legal, e de um jeito bem diferente.

Sobre os casais de Senhor das Sombras, o livro trás momentos bem passionais, e diálogos profundos e necessitados. Fiquei encanta com cada um deles. No livro, também temos a chance ver um pouco de vários outros personagens antigos desse universo, como Alec, Magnus, Jace e Clary. Vê-los mais velhos e experientes é um prazer para o leitor que acompanhou a série Instrumentos Mortais. O livro deixa várias coisas em aberto, e acaba em um momento chave da história. Pelo que li, pode ser que os planos do vilão da história sejam ainda mais perigosos para os caçadores das sombras do que tudo o que eles já passaram. Sem falar do fato de que além das ameaças externas, nossos mocinhos precisam se preocupar com os danos causados por outros caçadores de sombras. 

Como já deu para perceber temos aqui um grande livro, que não pode deixar de ser lido para quem já gosta dos livros da Cassandra Clare, ou para quem curte uma boa história de fantasia, aventura e romance.



Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.