Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?node=16337903011&pf_rd_m=A3RN7G7QC5MWSZ&pf_rd_s=merchandised-search-1&pf_rd_r=25NB0E9QZ77ARZK9R4XS&pf_rd_t=101&pf_rd_p=016d5e8e-fbd7-4556-89df-e2fa66391ee3&pf_rd_i=16337903011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=fd09f073782dbee08f43fefbb4db448b

CRÍTICA DE FILME: KINGSMAN E O CÍRCULO DOURADO

Kingsman e o Círculo Dourado estreia hoje nos cinemas (28/09) e ontem nós conferimos sua pré-estreia graças ao Nível Épico junto com a Radio FM o Dia! (e sim, créditos precisam ser dados aqui, mas eu juro que agora vamos falar sobre o filme)

O segundo filme da trama trouxe de volta o personagem principal Eggsy, o espião bad boy do primeiro filme que agora já não está tão rebelde comparado a dois anos atrás, em 2015. Mais uma vez, o longa coloca os detetives da organização supersecreta britânica Kingsman em ação para salvar o mundo, dessa vez de uma vilã egocêntrica e até com alguns muitos parafusos a menos, dona do maior cartel de drogas do mundo. Porém, além de trazer os personagens da trama passada, o novo filme ainda voltou com muitos outros. Aliás, artistas de peso

Imagem relacionada


O longa ficou lotado de cenas épicas e detalhadas, teve um roteiro bem desenvolvido e até muitas, mas muitas piadas, que mesmo tendo deixado a sala de cinema com aquelas gargalhadas incansáveis, pode ser comparado com um material um pouco apelativo, totalmente para o público curtir a trama e não para conseguir boas críticas de cinema. O que até ai tudo bem, afinal o dinheiro continua entrando e, muitas vezes, crítica não faz o nome de um filme, não é mesmo?!

Uma curiosidade é que o filme foi primeiramente feito em forma de comic lançada em 2012, apenas sendo adaptado para as telonas. Escrito por Mark Millar, autor também de obras como Kick-Ass e Guerra civil e com as ilustrações de Dave Gibbons, o lustrador de Watchmen (que inclusive vai rolar série ein?!) sendo feitos, tanto a hq quanto os filmes, para ser uma paródia em homenagem aos filmes de ação e espionagem dos anos 60.

Mesmo que Kingman e o Círculo Dourado esteja cheio de cenas nada previsíveis e até sacrificado alguns de seus personagens para fazer com que os espectadores fiquem dentro da trama, o filme pode ser facilmente comparado com o primeiro, o que, por mais que seja bom e nos deixe no mesmo universo criado para ele, não é a melhor ideia para por um filme no cinema. Afinal, nos dias de hoje, o que não falta para as grandes indústrias cinematográficas é a criatividade, fazendo com que nós, o público, sempre queiramos nos surpreender



Mas o que mostra que esse filme de espião não e como os outros é seu senso de humor adulto, um estilo bem super herói e referências a antigos filmes com um gênero parecido! Falando em referências, um dos homenageados é o aclamado 007, mas claro que não vou dar spoler! E além de referencias intencionais, o filme também parece bastante com os filmes de ação Aaustin powers e o infantil Pequenos Espiões, o que nesse caso não sei dizer se é algo bom ou não, já que são filmes de faixa etárias bem distintas.  

Abusando dos efeitos especiais e da ficção cientifica com um toque bem, mas bem fantasioso, fazendo críticas negativas a não legalização das drogas e até colocando Elton John para sofrer e nos proporcionar muitas risadas o filme foi uma verdadeira montanha russa de emoções que independente de quaisquer equívocos exagerados só possa ser recomendado para você assisti-lo

Um comentário:

  1. Eu gostei muito do primeiro filme, achei demais essa mistura de espionagem com um tom de fantasia e até humor. Já estou ansiosa para o segundo, pelo trailer parece que vai ser ótimo. Apesar de algumas ressalvas, sua crítica me deixou curiosa :))
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.