Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?ie=UTF8&node=12565546011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=9c1389fb3385fb9165be2a5665b43d9c

ENTREVISTA MD: HELENA ANDRADE

Olá pessoal, bom dia!!! Hoje é dia de ENTREVISTA MD!!!
Hoje vamos conhecer a encantadora HELENA ANDRADE, que vem nos contar um pouco sobre ela e seus sonhos em forma de livros!!!


Decifra-me, mas não conclua. Eu posso te surpreender. Clarice Lispector

Maravilhosas Descobertas: Oi Helena, seja muito bem vinda! Primeiramente, quero muito dizer que sou viciada em histórias onde a protagonista tem amnésia e precisa entender melhor o que aconteceu com seu passado. Sou simplesmente viciada, então já sabe como fiquei ao ler seu livro, né? Enfim, antes de começar a falar sobre Simplesmente Amor, queria saber um pouco sobre você e sua carreira. Quando começou? Porque? Conta um pouco para gente sobre você.
Helena: Eu sempre fui uma leitora assídua, principalmente na adolescência. No entanto a vida foi trazendo novas responsabilidades: casamento, filhos, estudo, trabalho, casa, enfim tantas outras que deixei os livros de lado. No ano de 2010, com meus filhos já crescidos e a vida estabilizada voltei a ler. Acho que li mais de trinta livros em pouquíssimo tempo, nem me lembro ao certo, e nos últimos comecei a perceber que eles não me encantavam muito, porque eu adoro um romance e encontrar um livro daqueles que nos fazem mergulhar na vida da personagem e desperta emoções intensas não é tão fácil, pelo menos para mim. Assim decidi me propor o desafio de escrever um livro. Em quatro meses Despertar estava concluído. Foi então que mergulhei no mundo da literatura.

Maravilhosas Descobertas: Bom, agora falando sobre Simplesmente Amor. De onde surgiu a inspiração para a história?
Helena: A princípio eu quis retratar aquela sensação que sentimos quando encontramos um desconhecido e temos a certeza de já termos nos relacionado antes. É a afinidade, a energia pulsante, e qualquer outra sensação despertada que nos direcione a este sentimento. Além disso, nesta história quis abordar também as questões sociais, que assim como as pessoais, criam nossa história e nos tornam quem somos. Às vezes me perguntam por que nós, como escritores nacionais, abordamos cenários de outros países? Minha resposta é: se tem contexto com a história, por que não abordar? Afinal, vivemos num mundo globalizado. Graças a Deus! Por isso circular entre diferentes lugares, absorvendo diversas culturas enriquece e todos deveríamos ter condições de fazê-lo. Bem, voltando a história: a trama se inicia em Paris, pois a França é o berço das conquistas sociais na idade moderna e finaliza em Londres, porque aquela cidade também tem um papel fundamental neste tema. E não é só por isso, em Simplesmente Amor minha primeira inspiração para a história foi a Tower Bridge. Eu imaginei um encontro acontecendo naquele lugar, tanto que escrevi toda a primeira parte do encontro entre eles, não só a retratada no final da obra, mas também como o romance se desenvolveu, porém ela não está publicada.  

Maravilhosas Descobertas: Agora falando de Alicia. Ela é uma personagem super forte, uma profissional bem sucedida. O tipo de mulher que as mulheres se inspiram. Para escrever sobre Alicia você queria transportar isso mesmo? Queria que sua protagonista inspirasse os leitores assim como me inspirou?
Helena: Se você conhecer minhas outras obras, perceberá que as personagens sempre serão fortes. Na verdade, acho que a principio, Alícia é a mais frágil que já criei, no entanto ao longo da história ela vai adquirindo a auto confiança necessária para provocar mudanças em sua vida. A força e garra da mulher existem e precisa ser ressaltada. Isso é real! Conheço tantas mulheres guerreiras e ao mesmo tempo frágeis que não há como não me inspirarem. Choramos de alegria e nos tornamos fortalezas diante da tristeza. Isso é maravilhoso! Somos capazes de enfrentar todos os obstáculos, basta regatarmos em nós a energia necessária para transpor. E a resposta a sua última pergunta é SIM! Quero que minhas protagonistas sejam capazes de refletir os desafios que as mulheres enfrentam no cotidiano e lhes dê inspiração para alcançar os objetivos.


O amor está na essência da alma. Ainda que não tenhamos consciência, ele habita no mais íntimo de nosso ser.

Maravilhosas Descobertas: Você tem outro livro publicado chamado O Despertar. Ainda não li o livro, mas pelo o que pesquisei a história segue mais ou menos a mesma linha de S.A. A gente tem uma protagonista forte que também está passando por mudanças em sua vida. Então eu queria saber, o quanto "MUDANÇAS" significa para você? Você tem alguma experiência forte com isso? E conta um pouco sobre Despertar para a gente, por favor!
Helena: Todas as vezes que mudanças aconteceram em minha vida, mesmo que de forma traumática e sofrida, elas vieram para me fortalecer e mostraram um novo caminho ainda mais enriquecedor, seja com novos aprendizados ou trazendo a possibilidade de conquistar novos amigos.  Então, por que não abordá-las? Ás vezes somos tão arredios diante de mudanças que perdemos a oportunidade de crescer. Acredito que a vida precisa de movimento, sempre. No caso de Despertar, Lívia, a protagonista, muda porque quer alcançar seu objetivo, no entanto a mudança traz novas possibilidades que a fazem refletir se o que pretendia é de fato o melhor para sua vida. São novas experiências, questionamentos, conflitos que a forçam em tomar uma decisão. Eu amo a história de Despertar e nesta semana, até o dia 29/07/17, ele está disponível gratuito na Amazon. Se quiser, acesse o site e baixe o e-book-Kindle.

Maravilhosas Descobertas: Além desses livros você também participou de um livro de contos chamados Encontros e Desencontros, que inclusive também já li. É complicado falar sobre contos sem dar nenhum spoiller, mas como foi escrever junto com autoras fantásticas como a Sheila Mendonça e a Maribel Azevedo, por exemplo. Conta um pouco sobre esse projeto.
Helena: Eu adorei desenvolvê-lo. Como você pôde ver, inclusive fui a organizadora da obra. O projeto surgiu com a idéia da Monique Lavra de fazer um livro de contos. Eu, ela e outras sete escritoras: Carolina Estrela, Fernanda Belém, Cris Motta, Lu Piras, Mallerey Calgara, Marcia Rubim e Bia Carvalho fazemos parte do Grupo Literário Entre Linhas e Letras, que surgiu com o objetivo de realizar oficinas literárias em escolas. Fizemos o convite a elas, no entanto, como estavam envolvidas em outros projetos, não conseguiram aderir a este. Então começamos a chamar outras escritoras que conhecíamos através do facebook. Sheila, Maribell, Fabiana Cardoso e Eliane Quintela aceitaram o desafio e se uniram a nós no projeto. No final, achamos que a obra merecia mais um conto e fizemos um concurso, no qual Adriana Igrejas foi a selecionada. E o resultado você já conhece...um livro lindo com este tema maravilhoso que é a amizade.

Maravilhosas Descobertas: E você sentiu diferença em escrever um conto ao invés de romances? O que você prefere?
Helena: Não! Foi bem tranqüilo escrever o conto. Cada um tem sua especificidade. Para mim a questão do romance em relação ao conto é a quantidade de horas a ser disponibilizada a cada um. Enquanto num romance posso ficar até seis meses, juntando todo o tempo de revisão, um conto eu desenvolvo em no máximo quinze dias, se tiver tempo disponível para me dedicar. Tempo é uma questão bem delicada para mim, pois não tenho dedicação plena a literatura. Eu trabalho a semana toda e só consigo escrever em minhas horas vagas, que infelizmente são poucas. Contudo, eu adoro escrever o romance. A história me alimenta mais que o conto. 


Simplesmente Amor pra você!

Maravilhosas Descobertas: Tem algum projeto para o futuro?? Podemos esperar mais algum livro recentemente?
Helena: Sim! Divina Essência está concluído, só estou trabalhando na última revisão, e deverá ser publicado nos próximos meses. Escrever este livro foi um dos maiores desafios de minha carreira literária. A história está magnífica e estou ansiosa para poder compartilhá-la com vocês.

Mensagem para os leitores:Muito obrigada por todo o carinho e atenção.E para finalizar gostaria que você deixasse uma mensagem para nós seus leitores.
Helena: Gratidão a todos pelo carinho! O retorno e envolvimento de vocês com minhas histórias me alimentam e dão força para seguir em frente. Espero que meus livros também os alimentem e encantem. Agradeço também a você, Sueli, e a toda a equipe do Blog Maravilhosas Descobertas pela oportunidade. É sempre muito bom falar sobre literatura.

Ping-Pong com Autor:
Amor – Viver intensamente.
Amigos – Os que vibram com minhas conquistas.
Ler – Despertar emoções.
Mudanças – Transformação.
Escrever é – entrar em contato com minha essência.


Redes Sociais do Autor: Site | Instagram | Facebook

Obrigada Helena pelo carinho, pela entrevista e por nos presentear com suas lindas histórias!!! 
Bom pessoal, espero que tenham gostado e curtido a entrevista. 

Comentem, e compartilhem com as amigas e amigos.

Um comentário:

  1. Sueli, gratidão pela oportunidade! Eu adorei contar um pouquinho sobre minha carreira e obras. Espero que os leitores também gostem e tenham a possibilidade de conhecer meus livros. Simplesmente Amor pra você e a equipe do Maravilhosas Descobertas!

    ResponderExcluir

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.