Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?node=16337903011&pf_rd_m=A3RN7G7QC5MWSZ&pf_rd_s=merchandised-search-1&pf_rd_r=25NB0E9QZ77ARZK9R4XS&pf_rd_t=101&pf_rd_p=016d5e8e-fbd7-4556-89df-e2fa66391ee3&pf_rd_i=16337903011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=fd09f073782dbee08f43fefbb4db448b

ENTREVISTA MD: CATARINA MUNIZ

Bom dia pessoal! Hoje é dia de ENTREVISTA MD!

Então vem com a gente conhecer a encantadora CATARINA MUNIZ, que vai nos contar um pouco sobre ela e seus sonhos em forma de livros!!!

Resultado de imagem para autora CATARINA MUNIZ
Ás vezes, a gente escolhe o caminho. Noutras, é o caminho que nos escolhe. 

Maravilhosas Descobertas: Conte-nos um pouquinho sobre você. Sua vida, sua rotina.
Catarina: Bom, minha rotina é bem comum de uma mãe divorciada que trabalha fora: cuidar de casa, cozinhar, educar a filha, ir ao trabalho...gosto de dar algumas caminhadas sempre que posso para diminuir os níveis de ansiedade e relaxar um pouco. E a escrita fica para a noite, raramente escrevo noutros horários.

Maravilhosas DescobertasO que te inspira? O que te instiga a querer sempre mais?
Catarina: Pergunta difícil, pela complexidade da resposta... em linhas gerais, acho que o que me inspira, além de minha filha, é a minha certeza do que sou capaz. Cresci num bairro de periferia, venho de família simples, mas todos muito cultos, estudiosos e com uma forte veia artística, fosse para a pintura, fosse para a música...e sempre fui de sonhar muito, muito alto. Então, sempre que ponho algo na cabeça, eu só paro quando consigo.

Maravilhosas Descobertas: Além dos livros, você com certeza te mais paixões. Quais são elas?
Catarina: Minhas paixões são passar tempo com minha filha e meu shih-tzu, a música, a leitura, o cinema...gosto de ver bobagens no Youtube também, tenho um lado bem bobo. Amo viajar e adoro cozinhar! Sentir aromas, experimentar receitas, sabores novos...sou fissurada em novas sensações!

A gente nunca sabe qual acontecimento terrível transformará nossa vida para muito melhor. 

Maravilhosas DescobertasQuando e como foi o momento em que você sentiu a vontade de escrever?
Catarina: Desde pequena eu tinha a consciência da minha facilidade em escrever. Enquanto meus colegas penavam para completar um texto ou uma redação, eu tirava de letra. Mas nunca pensei em ser escritora, não é um sonho de infância ou de adolescência, como acontece com a maioria dos autores. Comecei a escrever graças a uma Síndrome do Pânico grave que desenvolvi em 2012. Fiquei internada, tirei licença médica, me tornei incapaz das coisas mais simples como dormir ou respirar fundo! Foi terrível! Porém, foi nesse período que comecei a escrever contos e textos e publicar num blog anônimo, que a cada dia tinha mais e mais acessos. E a partir daí, encorajada por familiares e amigos próximos, escrevi meu primeiro livro, chamado “O segredo de Montenegro”. E não parei mais!

Maravilhosas Descobertas: Você tem três livros únicos escritos e além deles ainda tem a Série Mitos. Conte-nos um pouco de cada um deles.
Catarina: Bem, “O Segredo de Montenegro” não está disponível hoje. Foi publicado por uma editora pequena que faliu pouco depois, então a tiragem foi mínima. Ele conta a história de Evelyn, uma enfermeira solitária que cuida de idosos numa clínica de repouso de luxo, e Eduardo, que assume a clínica após o pai sofrer um AVC. É um livro bastante pesado, que escrevi em apenas dois meses e meio. Hoje tenho uma opinião dividida sobre a história.
"A Dama de Papel", com uma personagem que era o oposto da Evelyn, a prostituta Molly. Ela se envolve com Charles, herdeiro de um complexo têxtil da Londres vitoriana de 1875 e passa a ter suas convicções de liberdade testadas por este amor impossível.
"Carmim", um romance que está ganhando a versão impressa muito em breve, que conta a história de Louis, um publicitário ítalo-americano belo e bem sucedido, após sua descoberta de que o avô possui outra família na Espanha. E, ao tentar investigar a história mais a fundo, Louis conhece Carmen, uma ruiva sedutora que vira a vida dele de cabeça para baixo!
Os contos, são quatro até o momento: "O amante de Afrodite", "A tentação de Hades", "As ilusões de Apolo" e "O segredo de Eros". São contos baseados nas versões mais conhecidas dos mitos gregos com o meu toque de romantismo e sensualidade.

Maravilhosas DescobertasA "Dama de Papel" foi lançado na Bienal do Rio em 2015. Qual foi a sensação em descobrir aquela surpresa? Como foi ter seu sonho antes no coração, agora nas mãos?
Catarina: Nossa, é impossível descrever... chorei muito! É bastante emocionante ter um livro escrito por você nas mãos, tê-lo na prateleira ao lado dos seus autores favoritos... é meio surreal até!

A liberdade é um tesouro raro e caro. Algumas vezes, caro demais.

Maravilhosas Descobertas"Love Is In The Air" é um projeto lindo que você participa junto com mais três autoras. Como foi escrever um livro em parceria com  elas? E o que podemos esperar da sua história?
Catarina: Escrever um livro em parceria foi uma grata surpresa! O livro está encantando todo mundo graças às histórias, obviamente, mas também graças ao projeto gráfico, que ficou lindo! Ainda não conheço as outras autoras – Eva Zooks, Tamires Barcelos e Paola Scott – pessoalmente, mas terei esse imenso prazer durante a Bienal Internacional do Livro do RJ, daqui a alguns dias. Meu conto se chama “A Magia da Ninfa” e conta a história de Richard, um cardiologista residente no St. Mary’s Hospital em Londres, e Elizabeth, uma médica mais velha que é sua chefe. Rick descobre que ela é ninfomaníaca e, a partir daí, tem sua vida transformada de todas as formas imagináveis, até o ponto em que ele mesmo será o instrumento de transformação. Tem uma carga erótica pesada, mas tive o cuidado de não romantizar a ninfomania, que como todo vício, é um transtorno grave que pode trazer consequências terríveis para o doente e para as pessoas que o rodeiam.



Maravilhosas DescobertasComo é o desenvolvimento de seus personagens? Você já se inspirou em alguém em especial, ou eles foram fluindo e tomando formas?
Catarina: Já aconteceu das duas formas: por exemplo, Charles O’Connor, de "A Dama de Papel", é inspirado no ator britânico Tom Hiddleston. Mas em sua maioria os personagens surgem, com alguns fatos de suas vidas pré-determinados, e vão assumindo boa parte do controle da escrita enquanto vou desenvolvendo a história. Tem horas que me sinto uma mera ferramenta que eles utilizam para ganhar vida.

Maravilhosas DescobertasEntre os seus livros qual o que mais te marcou e por quê?
Catarina: Ah, que pergunta difícil!!! Não saberia responder essa pergunta sem me sentir injusta. Todos os meus livros trazem algo de mim, de minhas vivências, de minhas crenças, e até mesmo daquilo que condeno! É como escolher entre minha perna esquerda e a direita, não dá! São todos muito importantes e me marcaram em igual intensidade, sinceramente.

Maravilhosas DescobertasPensando em um futuro próximo, eu gostaria de saber se teremos novidades vindo por aí e para quando seriam?
Catarina: Sem dúvida que sim: estou concluindo um novo romance de época e pretendo lançar ainda este ano o último conto da Série Mitos. E já tem projetos novos na fila para 2018! Tem muita coisa boa surgindo.


Mensagem para os leitores: Catarina quero agradecer imensamente pelo carinho em responder essa entrevista, muito obrigada! Agora imagine que está de frente para cada um de seus leitores, e está. Deixe uma mensagem para eles.
Catarina: Em primeiro lugar, quero agradecer à equipe MD, em especial à Sueli Assis, que sempre me tratou com muita doçura e carinho!
Aos meus leitores, deixo minha mais completa e genuína gratidão! Vocês são o combustível de todo escritor e cada leitura, cada opinião é de uma importância que eu não consigo mensurar! E se me permitem, quero deixar um conselho de amiga: tratem seus sonhos com dignidade e respeito. Transformem-nos em meta e simplesmente se neguem a desistir até atingi-los! Em algum lugar do caminho, vocês hão de colher os frutos de todos os seus esforços. Um beijo no coração de cada um de vocês!

Ping-Pong com a Autora:
Um Amor- Ana Cecília, minha filha
Um Livro- Mulheres, de Charles Bukowski
Um Filme- Amadeus, de Milos Forman
Um Sonho- Conhecer o Taj Mahal
Uma Música- Clair de Lune, de Debussy 
Escrever é... vida! Nada menos!

Redes Sociais do Autor: Facebook | Skoob | Instagram Twitter

Obrigada Catarina pelo carinho, pela entrevista!!! 

Bom pessoal, espero que tenham gostado e curtido a entrevista. 

Comentem, e compartilhem com as amigas e amigos.

Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.