Header Ads

CRÍTICA DE FILME: MEU MALVADO FAVORITO 3



Balthazar Bratt fazia muito sucesso através de sua série de TV, onde interpretava um vilão chamado Evil Bratt. Com o cancelamento da série, Balthazar tornou-se uma pessoa vingativa e assim os anos se passaram e ele planejou seu retorno triunfal como vingança. Gru e Lucy ganham a missão de captura-lo quando ele tenta roubar o Maior diamante rosa do mundo, infelizmente eles não conseguem recuperar e são demitidos. Nesse meio tempo Gru descobre que tem um irmão gêmeo, chamado Dru, e além disso descobre que ser malvado é tradição de família.  


Nesse filme vemos um novo vilão, os Minons abandonando o Gru, uma relação familiar sendo construída, tanto de Lucy com as meninas quanto a de Gru com seu irmão Dru e o passado de sua família, tinha histórias dentro de histórias, isso demonstra a complexidade do roteiro e como um filme de criança pode ser bem escrito.

O filme não perde a tradição de utilizar os sucessos dos anos 80, além de compartilhar muito amor aos unicórnios, trazer muitos Minions e um vilão maluco.
      


Acho que esse filme é mais do mesmo, só se aprofunda mais nas relações familiares do Gru. Como sempre os Minions roubam um pouco a cena, pois "são tão fofinhossss!". Mas é um filme que vale a pena assistir, pois você irá dar umas boas risadas e cantar todas as músicas.

Se você curte escutar as trilhas sonoras dos filmes, dê o Play e aproveite.

Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.