Header Ads

TODOS DE PÉ PARA PERRY COOK, DE LESLIE CONNOR

O livro narra a história de Perry, um menino de 11 anos de idade que vive com a sua mãe em uma penitenciaria de segurança mínima. (Estranho? Eu também achei). Perry nasceu e cresceu nesta penitenciaria, cercado de pessoas que cuidavam e ensinavam a ele. Como toda criança, Perry ia para a escola fora de onde morava, e, diga-se de passagem, era um ótimo aluno, muito inteligente e educado. Perry possuía uma amiga chamada Zoe, com quem dividia todas as suas dúvidas, aventuras e segredos, ambos da mesma idade, se conheceram quando o padrasto de Zoe precisou se mudar para a cidade.


Perry tinha uma espécie de “passe livre” dentro daquela prisão, podia passear por todos os lugares e era o responsável pela alvorada, o momento preferido dele, onde ele podia acordar e dar as primeiras notícias matinais para os residentes de Blue River. Todos os residentes trabalham dentro da penitenciaria para que possam reduzir e até mesmo receber um pequeno salário, eles estudam e reavaliam os seus casos para que possam conseguir a sua tão esperada liberdade. A mãe de Perry, Jéssica passa boa parte da  história procurando diversos meios para que possa conseguir a sua liberdade e viver com Perry na casa em que sempre sonharam. Uma grande reviravolta acontece com Perry e ele precisa abandonar Blue River, e a partir daqui só lendo o livro para saber o que acontece. Perry tem um importante papel para que sua mãe possa conseguir a liberdade.

É bem legal como a história é narrada, do ponto de vista de Perry, uma visão infantil, mas ao mesmo tempo tão madura de tudo o que acontece ao seu redor. A maneira como é descrita cada personagem fica bem diferente, pois é a visão de uma criança sobre o que ela vê, o que deixa o decorrer do livro mais leve e divertido.


A maneira como a autora pensou em cada personagem, e como cada um deles tinha uma ligação totalmente especial com Perry ajudou muito. Personagens com histórias marcantes e bem construídas.

É difícil achar algo que não me agrade neste livro. A narração, a contexto da história, os personagens o final, tudo me deixou com mais vontade de pegar o Perry e levar para minha casa, a autora soube como nos aproximar da história.


“Mas não consigo evitar o seguinte pensamento: contar suas vitórias não quer dizer que você não sabe quais são as suas derrotas. Você sabe. ”


“Procure entender antes de procurar ser entendido. ”


Perry Cook – Leslie Connor

Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.