Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?node=16337903011&pf_rd_m=A3RN7G7QC5MWSZ&pf_rd_s=merchandised-search-1&pf_rd_r=25NB0E9QZ77ARZK9R4XS&pf_rd_t=101&pf_rd_p=016d5e8e-fbd7-4556-89df-e2fa66391ee3&pf_rd_i=16337903011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=fd09f073782dbee08f43fefbb4db448b

A Sétima Cela, de Kerry Drewery





Martha Heneydew é a primeira adolescente a ser presa e condenada no novo sistema de justiça da Inglaterra. A polícia a encontrou ao lado do corpo de Jackson Paige, filantropo, milionário e uma das celebridades mais queridas do país. Nesse novo sistema de justiça, o condenado tem sete dias, cada dia em uma cela diferente para ter seu destino determinado pelos votos dos telespectadores. Se a audiência do programa de TV Morte é Justiça decidir pela inocência do preso, ele será solto. Caso contrário, será morto na cadeira elétrica. 

Porém, algumas peças não se encaixam na história que Martha conta para a justiça. Ela se declara culpada, mas há algo por trás da cena do crime que os telespectadores ainda não sabem. Com a ajuda da consultora psicológica, Eve Stanton, de um juiz do antigo sistema jurídico, Cícero, e do seu grande amor, os sete dias que precedem sua execução serão de muita intensidade, sofrimento, descobertas inesperadas e reviravoltas de perder o fôlego. 

Quem é, de verdade, Jackson Paige? Martha Heneydew é realmente culpada? Será que esse sistema jurídico é justo? Nesta distopia eletrizante, todas essas questões nos fazem refletir sobre o poder do dinheiro que, muitas vezes, prevalece sobre a justiça. E Martha, uma adolescente forte e destemida, mostra sua crença em uma sociedade verdadeiramente justa, na força da amizade e do amor. Mesmo que isso possa significar sua própria vida.



A Sétima Cela, de Kerry Drewery trás uma história pesada e realista. Martha tem apenas 16 anos, é órfã, e se vira para se sustentar e pagar o aluguel, tudo, para não ir parar em um orfanato onde sabe que será o fim de sua vida. Martha sempre levou sua vida em busca de um lugar mais justo para viver, até ser presa por ter assassinado Jackson Paige, um multimilionário que era idolatrado em todos os cantos, menos, curiosamente, por aqueles que tem baixa renda.

No entanto, a justiça da onde Martha mora, é um pouco diferente, se é que podemos chamar de justiça. Aquele que comete um assassinato ou crimes pesados, são colocados no corredor da morte. O mesmo, que contém sete celas, uma para cada dia em que o acusado será julgado. E quando você pensa que não pode piorar, pode sim. O acusado não é simplesmente julgado por juízes, advogados e etc, mas sim pelo público.

Em um programa sensacionalista, é transmitido os sete dias de corredor da morte, onde dois apresentadores falam do passado de acusado e daquele que foi morto, e anuncia o número para a votação. Xxx para o acusado ir para a cadeira elétrica, xxx para o acusado ser liberto. O problema? Somente quem tem dinheiro vota e quantas vezes quiser, e as provas? Não existem. E se você ainda acha que não pode piorar, em A Sétima Cela, tudo pode ficar ainda pior.


Martha tem ajuda psicológica, mas tem o privilégio retirado, e agora é obrigada a falar com um psicólogo virtual. Martha deixou para trás um namorado, e se você acha que isso é triste, quero ver quando souber que Isaac, o namorado de Martha, é o filho de Jackson Paige. Ainda não tá bom pra você? Pera aí, e se você souber que a mãe de Martha foi morta pelo grandioso Jackson Paige? E não para por aí...

A Sétima Cela, de Kerry, tem uma escrita fácil e corrida. Sem muita enrolação ela conta com pontos de vista diferentes o que acontece nos sete dias em que Martha passa pelo corredor da morte, e o que ocasionou tudo. Um livro intenso e que te faz querer devorar a história, onde, tudo que eles querem é uma justiça de verdade e igualdade para todos.

Enfim, se não leu esse livro ainda, leia, se já leu, compartilhe conosco o que achou e não se esqueça de compartilhar com os amiguinhos. Se você curte um bom drama com reviravoltas de te deixar louco, você precisa ler A Sétima Cela. Então um beijo, e até a próxima postagem!

Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.