Header Ads

PARA ALÉM DA IMAGINAÇÃO, GILENO SANTOS





"A imaginação é mais importante que o conhecimento. Conhecimento auxilia por fora, mas só o amor socorre por dentro. Conhecimento vem, mas a sabedoria tarda."                                                                  - Albert Einstein -
Khalil perde o pai muito cedo, o que para ele, à princípio, não é muito fácil de se lidar. Com a ajuda de seu amigo Dário e deu seu psicólogo se embrenha pelos caminhos da física, da metafísica e da filosofia a fim de descobrir se as sensações e pressentimentos que sente à respeito de uma segunda dimensão são mesmo reais ou apenas uma fuga para não lidar com a perda do pai. 

Percebe que existe um mundo além do que vivemos quando em um cochilo á beira do lago, fora de sua cidade, se transporta para este mundo é que descobre que tudo aquilo que suspeitava é real mesmo. 


Neste novo mundo, descobre que estava o tempo todo sendo guiado por um guardião de nome Adórex e que o mesmo precisa de sua ajuda para lutarem em uma batalha contra os inimigos dos guardiões afim de libertarem a cidade que estava sendo feita de refém deste povo maligno e, uma tentativa, de achar seu pai, que tinha sido dado como morto quando ainda era uma criança, ainda com vida. 


Gileno Santos faz uso de uma linguagem densa para explicar conceitos físicos e a realidade paralela criada por ele neste livro, um livro que muitos terão uma certa dificuldade para ler mas que se permitirem adentrar no universo por ele criado não se arrependerão devido ao conteúdo enriquecedor que o mesmo nos apresenta. Um gênero literário comum por seu amplo alcance mas que foi desenvolvido de maneira única e singular pelo autor.

O autor nos mostrou que nada supera o poder da imaginação que ao mesmo tempo em que nos transporta para lugares inimagináveis nos faz superar perdas dolorosas em nossa vida, que de alguma forma ela pode curar nossas feridas da alma.


A editora Autografia não poderia ter escolhido uma capa melhor, pois ela nos dá uma ideia abstrata do mundo para o qual nosso herói migra. A diagramação deu ao livro um ar limpo, sem muitos enfeites e floreios deixando à cargo da nossa imaginação desenhar os contornos da história, a folha um pouco grossinha e amarelada não cansou a vista e favoreceu a sua conservação ao serem manuseadas. O conjunto do livro ficou bem feito e adequado ao enredo, complementando-o.

Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.