Header Ads

NILDRIEN - O PERGAMINHO, DE MANOEL BATISTA


Direto do universo de RPG e fantasia, surge Nildrien - O Pergaminho, do brasileiro Manoel Batista, lançado pela editora Novo Século. Em um mundo povoado por guerreiros, feiticeiros, dragões e outras criaturas, temos Nildrien, formada por diversos reinos, e onde está a Caverna Antiga, com diversos tuneis e habitada pelas mais perigosas criaturas. Desde que um grupo de mineiros acabou morto lá dentro, ouve-se um boato sobre um mapa feito por um sobrevivente. Um mapa que levaria a diversas riquezas que estão escondidas no interior da caverna. E o mais importante, levaria até o local onde o maior mago que já existiu escondeu O Pergaminho, fonte de um poder inimaginável e que pode mudar tudo.

Este mapa acaba parando nas mãos do reino das trevas de Asenhar. Para evitar que o pergaminho caia nas mãos deles, o reino de Nalim junto ao reino de Skyllus decide formar um grupo para tentar interceptar os enviados de Asenhar que tentam chegar a caverna. Formado por quinze indivíduos, entre clérigos, guerreiros, meio-elfos e dragões, este grupo, cheio de diferenças, devem cumprir a missão, sem saber que existe mais alguém tentando chegar a Caverna Antiga antes deles.

Ao primeiro olhar, você pode se assustar com as 586 páginas deste livro, mas não se preocupe, nenhuma delas é em vão. Imaginar tantos personagens envolvidos na história também não vai fazer sua cabeça doer. Porque logo nas primeiras páginas, o leitor percebe que o autor sabe exatamente o que está fazendo. Ele tem um propósito, e o alcança com louvor ao final do livro.


O começo da história é mais uma introdução, apresentando um de cada vez, os personagens que vão compor a aventura, seja a equipe de Nalim ou os outros. Ao conhecer cada um , o leitor vai criando simpatia pelos personagens que gosta mais, e fica ansioso para que todos se reúnam e comecem a jornada. Em uma viagem longa, em que devem passar por diversos obstáculos, lutas e quase mortes, em um emaranhado de encontros e desencontros, entre os mocinhos e vilões, o livro segue ganhando fôlego.

Para quem gosta de um bom livro de aventura medieval, com fantasia e envolvendo magia e espadas, Nildrien é garantia certa de diversão. De forma detalhada, mas sem ser exagerada, o autor cria uma história que segura o leitor e que atinge o mesmo patamar dos diversos livros internacionais de fantasia que fazem sucesso mundo a fora.


Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.