ENTREVISTA MD: ANGIE MELLO

Hoje é dia de ENTREVISTA MD!
E teremos o prazer de conversar e conhecer a autora ANGIE MELLO!
Seus livros são sucesso de leituras no Wattpad e ela cada vez mais ela nos encanta com seus lindos livros. 
Leia as resenhas de Amor de Valentina e Grant - Sob o Mesmo Céu aqui no blog.

"Sou uma romântica incurável e me aventurei no mundo da escrita com o único propósito de entreter."

Maravilhosas Descobertas: Conhecemos a Angie autora e adoraríamos conhecê-la um pouquinho mais. Conte-nos sobre você.
Angie: Como se começa a falar da gente? Eu me defino como uma mulher forte, batalhadora, responsável e uma romântica incurável. Nasci no seio de uma família de retirantes nordestinos que chegaram em São Paulo no final dos anos sessenta. Adolescente, eu peguei um pouco do finalzinho do movimento hippie e adorava uma camiseta sem mangas com a inscrição Je T'aime Moi Non Plus, sem ter a menor ideia do seu significado, usava jeans desbotados e rasgados, bem antes de se tornarem moda, chinelinho de couro ou alpargatas, brinquinho de pena colorida ou colar de conchinhas e cabelos lisos até a cintura e com trancinhas e curtia muito rock. Vivi minha vida inteira na cidade da garoa e amo muito tudo isso. Sou mãe solo de dois rapazes, um de 29 e um de 19 anos. Contrariando as pessoas ao meu redor, desde a minha adolescência, eu amo ler. Tinha uma necessidade de ler absurda. Romance de todos os gêneros, menos terror. Sempre fui uma leitora compulsiva, hoje leio menos, pois, como comecei a escrever, preciso dividir o meu tempo entre a casa, filhos, família, leitura e escrita. Sou muito família e troco qualquer balada por um bom livro. Simples assim.

Maravilhosas Descobertas: Quando e como foi que você sentiu a vontade de escrever? Algum motivo em especial?
Angie: Sendo bem sincera, foi por tédio. Foi por puro tédio! Explico. A empresa em que eu trabalhei por dezesseis anos, fechou as portas devido à crise e eu estava em casa sem nada diferente para fazer. Descobri o Wattpad através de um grupo de Whatsap. De início eu busquei a plataforma como leitora e comecei a ler algumas histórias por lá. Chegou um determinado momento em que os roteiros se tornaram sem graça, muito iguais, o que me entediou mais uma vez. Um dia eu pensei comigo: já que eu não estou encontrando uma história do jeito que eu gosto de ler, porque não escrever uma eu mesma? E foi o que eu fiz, comecei a escrever. Estava com doze capítulos prontos e super insegura, indecisa se postava ou não, quando pedi para uma amiga virtual, ler para mim. Fui postando os 12, um por um e ela foi lendo e pedindo mais. E foi assim que nasceu a minha primeira história: Amor de Valentina.

Maravilhosas Descobertas: Como foi o processo entre imaginar, escrever e ver “Amor de Valentina” pronto? E qual foi a sensação naquele momento, e depois quando pegou ele em suas mãos no formato físico.

Angie: Escrever Amor de Valentina foi um processo totalmente intuitivo. Eu não pensei. As ideias foram surgindo e eu fui colocando no word, sem nenhuma experiência anterior, sem me preocupar com jornada de herói ou técnicas de escrita, foi pura emoção, necessidade, amor e naquele momento eu estava à mingua de uma história como a da Valentina e do Matheus, sem muito lengalenga, sem desencontros, mas com uma história envolvente e encantadora. Fui escrevendo e postando, dei por mim, tinha terminado. A sensação foi de paz, de calma, de tranquilidade, pois eu nunca tinha imaginado que poderia escrever um livro de 398 páginas até o seu final.  E quando o físico chegou nas minhas mãos foi como uma coroação de todo aquele processo iniciado lá atrás. Sensação de realização. De coisa boa. De: Sim, eu fui capaz! Esse aqui, fui eu que fiz!


Maravilhosas Descobertas: Quando você cria um personagem, como você faz para lhe dar formas? Ele já se mostra pronto ou vai se moldando na medida em que você o escreve?
Angie: Eu sou muito de seguir minha intuição e sou muito visual também. A primeira coisa que vejo é a parte física na minha mente e vou desenvolvendo a personalidade. Do que gosta, o que faz. Dos desejos, dos sonhos. Vou moldando aos poucos.

Maravilhosas Descobertas: Você tem quatro livros escritos “Amor de Valentina”, “Laços de Pedra, e os dois primeiros livros da série “Sob o Mesmo Céu” sendo “Grant” e “Aarón”, e tem “Leon”, “Drake” e Theo” em processo de criação. E todos são sucesso de leitura no Wattpad. Devo dizer que conheço todos eles e que me encantei por cada um de um jeito especial. Mas gostaria que você contasse um pouquinho de cada um para que o pessoal também os conheçam.
Angie: Amor de Valentina – A história gira em torno de Matheus, um homem de 32 anos, dono de uma fazenda de gado e de um haras. Ele é um cara batalhador, generoso e muito família. Está procurando a mulher da vida dele quando Valentina, uma veterinária em busca de novos ares, após a morte do pai, cruza seu caminho. A atração entre eles é avassaladora, são almas gêmeas, mas que enfrentam vários obstáculos para poderem viver esse amor.

Laços de Pedra – Este livro é sobre a segunda geração da família Zanetti. Seus protagonistas se chamam Arthur e Victória. Ele, quando adolescente, era rebelde e sentia-se pressionado pelo pai que o queria como seu sucessor. Um dia, em uma brincadeira estúpida, ele causa um acidente onde seu irmão gêmeo sai gravemente ferido e seu futuro como atleta fica comprometido. Sentindo-se culpado, Arthur vai embora da fazenda e deixa a família e uma namoradinha para trás. O que ele não sabe foi que deixou muito mais do que pensa. E quando volta, ele encontra uma situação que nunca sonhou encontrar. Então, começa sua redenção, seu crescimento como homem, como filho e como irmão. E nessa jornada, Victória, seu amor de adolescência, ficará ao seu lado, o ajudando.

"São vocês meus leitores que me impulsionam a seguir escrevendo."

Grant Primeiro livro da Série Sob o Mesmo Céu – Neste livro, encontramos a Danna, uma mulher de 34 anos, que teve uma criação conservadora, casada com um homem controlador, dominador, egoísta e grosseiro. Embora tenham um bom nível social, ele controla o dinheiro e desta maneira, controla a esposa. A trata como escrava, na vida e na cama. Ela é proibida de trabalhar, estudar e sua vontade não conta. Um dia, inconformada com a vida que leva, ela dá um basta e começa a sua jornada para obter sua identidade como pessoa de volta. Não será fácil, mas ela vai tentar.
Grant é um ex-policial de 28 anos que foi incriminado e condenado por um crime que não cometeu. Dois anos e quatro meses depois, ele é libertado, devido a persistência do seu amigo e advogado, Trent. Quando sai, sua família é ameaçada para que ele não siga com a investigação que fazia e que por isso, acabou sendo preso. Pensando na segurança da mãe e dos irmãos, ele decide deixar a cidade e se muda NY, pois lembra que sua última pista sobre o chefão do tráfico de mulheres, veio desta cidade. Chegando lá, se torna um faz-tudo para poder sobreviver. E é essa mudança de profissão que faz com que sua vida se cruze com a de Danna, a mulher que mudará toda sua vida.

Aarón Segundo livro da Série Sob o Mesmo Céu – Este livro conta a história da Amy, filha adotiva da Danna e do Aarón, seu namorado. Ele é um rapaz de dezoito anos, despreocupado, mas que sofre com uma mãe opressora e obcecada com sua segurança, pois, quando ele era bem pequeno, ela adotou a filha de uma prima que morreu no parto e que acabou sequestrada. Sentindo-se sufocar e sem conseguir aguentar a situação, dentro de cada, por mais tempo, ele toma a decisão de se alistar na marinha dos Estados Unidos. Após um período de treinamento, ele, juntamente com vários outros soldados, é enviado para um país em conflito. Seu comboio sofre um atentado e ele é dado como morto. Mas, na verdade, os locais o encontraram e o ajudaram até que pudesse ser resgatado, porém, enviado de volta para o seu país. O problema é que Aarón volta quebrado, sem grande parte de suas memórias dos últimos quatro anos, se perderam devido a um ferimento na cabeça e foi diagnosticado com estresse pós traumático. Seu retorno e readaptação com civil é um processo complicado, por tudo que passou e também, porque não se recorda do seu amor, Amy. A história segue nessa pegada: ele caindo, levantando e redescobrindo o amor, na mulher que nunca o esqueceu, no pai que sempre o apoiou e em amigos leais.

Leon Terceiro livro da Série Sob o Mesmo Céu – Um homem sofrido, pois perdeu sua esposa grávida e o filho que nasceu prematuro, por causa de um assalto malsucedido. Durante três anos, ele se esconde no meio do mato e um dia, sua mãe liga avisando que seu pai, com quem tem um relacionamento conturbado, foi diagnosticado com câncer e tem pouco tempo de vida. Pede que ele volte, pois sua esperança é que seu filho mais velho assuma os negócios da família. Leon reluta, mas atende ao pedido e retorna, porém, não aceita ser responsável pela continuação do legado do pai, pois nunca concordou com seus métodos de trabalho. Nesse interim, conhece e se envolve com Zayla, irmã gêmea da esposa de seu irmão caçula. Zayla não acredita no amor romântico, mas acaba por queimar a língua ao se apaixonar por Leon, que hesita em assumir seu amor por ela, pois ainda está ferido, traumatizado pelo que aconteceu com ele, no passado.

Theo Quarto livro da Série Sob o Mesmo Céu – Theo é o pai do Aaron, personagem central do livro dois da série, que retorna ao Brasil, depois de viver por trinta anos fora do país. A história gira em torno da necessidade que dele sente de se reconectar com a família, com o povo e quem sabe, encontrar um novo amor.


Drake Quinto livro da Série Sob o Mesmo Céu – Drake é um guarda-costas que foi abandonado pela mulher que amava. Ela o fez devido à uma ameaça contra a sua vida feita pelo seu pai, um poderoso magnata do petróleo. Drake pensa que ela não o quis, pois iria perder sua vida de luxo caso continuasse com ele. A garota é enviada para fora do país e ele perde todo o contato com ela. O tempo passa e seu caminho vai cruzar com o de Marisol, irmã da jovem por quem foi apaixonado. Teremos ciúme, intrigas, paixão e ressentimentos nessa história.

"Meus livros são romances que entretêm, porém, também mostram que, com amor, comprometimento e confiança, somos capazes de ultrapassar qualquer obstáculo que aparecer pela nossa frente."

Maravilhosas Descobertas: O que lhe inspira, o que te move, o que desperta aquela vontade de mais e mais em você? Tanto na vida quanto na escrita.
Angie: As situações do cotidiano e as pessoas ao meu redor. A vontade de mostrar o que eu tenho dentro de mim, de colocar para fora as histórias que vivem na minha cabeça. E torcer para que os leitores gostem. É isso.

Maravilhosas Descobertas: Você tem muitos mocinhos e mocinhas, e cada um ao seu modo são marcantes e fortes. Então defina em uma palavra ou em uma frase seus rapazes e suas moças.
Angie: Valentina – Determinação
Matheus – Caráter
Arthur – Redenção
Victoria – Valentia
Grant – Perseverança
Danna – Recomeço
Aarón – Emoção
Amy – Serenidade
Leon – Intensidade
Zayla – Ambição
Theo – Experiência
Drake - Impetuosidade

Maravilhosas Descobertas: Entre seus livros, qual o que mais te marcou? Aquele que você lembra e suspira.
Angie: Tenho um carinho todo especial pelo livro do Grant da Série Sob o Mesmo Céu 

Maravilhosas Descobertas: Quais são seus projetos para um lançamento futuro? Podemos esperar mais livros físicos e mais livros novos ou uma nova série? Conte-nos um pouquinho sobre seus planos.
Angie: O meu segundo livro, Laços de Pedra, está em processo de impressão. Fechei com a editora e deverei lançá-lo em físico nos próximos meses.
Pretendo lançar o e-Book do livro do Grant, na Amazón, ainda dentro do mês de Janeiro de 2017. Quanto ao livro do Aaron, o lançamento está previsto para o mês de Março de 2017 e lá pelo meio do ano, o livro do Leon.

Maravilhosas Descobertas: Quais foram as suas inspirações através da leitura? Autor, livro, música...
Angie: Meus autores preferidos e minha inspiração são: Danielle Steel, Janet Dailey, Sidney Sheldon, Harold Robbins, Irving Wallace, Marguerite Duras, Agatha Christie, Sir Conan Doyle, Alexandre Dumas, Machado de Assis, Joaquim Manuel de Macedo, Augusto dos Anjos, Vinícius de Moraes e por aí vai. Li vários livros de cada um deles.
Músicas inspiradoras: Love of my life do Queen, Starway to heaven do Led Zeppelin e Always do Bon Jovi.

Mensagem para os leitores: Quero muito agradecer ao seu carinho, e também pela parceria e pela entrevista. Agora imagine que está de frente para cada um de seus leitores, o que diria para nós.
Angie: Por mais difícil que a vida pode parecer às vezes, sempre vale a pena viver, pois é a coisa mais preciosa e única que temos. Acordar e respirar todos os dias, não tem preço, assim como os sonhos não têm prazo de validade. Sonhe e lute para transformar seu sonho em realidade. A sensação é, simplesmente, maravilhosa.

Ping-Pong com Angie Mello:
Um sonho – Viver da escrita
Um amor - Meus filhos
Um livro – Capricho dos Deuses – Sidney Sheldon
Um momento - Nascimento dos meus filhos.
Uma música - Love of my life - Queen

Escrever é... amor em forma de palavras.


Onde encontrar os livros da Angie Mello...

Amor de Valentina: em formato físico pela editora Autografia e com a autora e e-book.
Laços de Pedra: disponível em e-book na Amazon e em breve em formato físico.
Grant e Aarón: em degustação no Wattpad e em breve em e-book.
Leon, Theo e Drake: Ambos em processo de escrita no Wattpad com leitura gratuita.

Ouça as playlist dos livros: Amor de Valentina, Grant, Aarón.


Redes Sociais do Autor: Facebook | Wattpad 

Bom pessoal, espero que tenham gostado e curtido a entrevista. 
Comentem, e compartilhem com as amigas e amigos.
Beijos e até a próxima!


2 comentários:

  1. Adorei saber mais de angie mello. Super anciosa para ler seus livros. MuiO Obrigado pela indicação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian, leia sim, você vai adorar muito!!! Os romances da Angie tem um pouquinho de tudo e garantia de suspiros do início ao fim! Beijos.

      Excluir

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Instagram