LUNNA, DE KARINA SILVA


À primeira vista, Lunna, me pareceu ser um livro encantador, somente, pela capa e decoração das folhas, em que cada uma contém um cavalo desenhado, o que eu achei de um carinho simbólico. Porém, quando comecei a me aventurar pelo universo criado pela Karina Silva foi que realmente me encantei verdadeiramente. Com uma fluidez na escrita e um cuidado ao criar cada situação retratada, Karina foi me ganhando a cada capítulo e me deixando curiosa por seus próximos livros.

Lunna, filha de um produtor rural, mora na fazenda da família com seus pais desde que nasceu, criando um laço de amizade com os funcionários de seu pai, em especial, com Tadeu, filho mais velho do caseiro da propriedade, com quem passava a maior parte de seus dias. Ao decidir ir para a cidade cursar medicina veterinária, aos 17 anos, abandonar Tadeu foi a parte mais difícil. Foram 6 longos e dolorosos anos longe da fazenda e de seu amigo, Tadeu, e ao voltar para casa se recorda do abraço de despedida que deram com um pedido ao pé do ouvido de que ele a esperasse não importando o tempo que passasse.



Ao retornar encontra um homem no lugar daquele menino que deixou há 6 anos atrás, o que acaba por comprometer o relacionamento de ambos pois, aquele menino doce e carinhoso havia dado lugar à um homem bruto e grosso. A principio a convivência entre o casal parece impossível porém, com o passar dos dias o sentimento que ambos sentem um pelo outro não consegue mais ser sufocado e aflora dando vazão ao amor que, surgiu ainda quando eram crianças.

Nosso casal se assume para o mundo, passando a viver um romance bem "caliente" pelos pastos da fazenda mas algumas situações acontecem para testá-los, colocando à prova o amor que sentem. Só que quando o destino bate o martelo e determina quem deve ficar com quem nesta terra de meu Deus nada é capaz de impedir ou de mudar o curso que ele traçou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Instagram