Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?node=16337903011&pf_rd_m=A3RN7G7QC5MWSZ&pf_rd_s=merchandised-search-1&pf_rd_r=25NB0E9QZ77ARZK9R4XS&pf_rd_t=101&pf_rd_p=016d5e8e-fbd7-4556-89df-e2fa66391ee3&pf_rd_i=16337903011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=fd09f073782dbee08f43fefbb4db448b

ENTREVISTA MD: ALINE SANT'ANA

Bom dia pessoal! Hoje é dia de ENTREVISTA MD! 
Vamos conhecer um pouquinho mais dessa talentosa autora e de seus personagens que amamos tanto. A nossa convidada de hoje é a autora das séries "De Janeiro a Janeiro" e "Viajando com Rockstars". 
Com vocês, a doce e encantadora ALINE SANT'ANA!

"Os livros são como sonhos que você compartilha com o mundo. Amo compartilhar meus sonhos com os leitores e amo ainda mais o fato de eles poderem sonhar junto comigo."

Maravilhosas Descobertas: Oi Aline, seja muito bem vinda! Conta pra gente um pouquinho de você...
AlineOlá! Muito obrigada pelo convite!
Bom, eu sou Aline Sant’ Ana, autora da série "De Janeiro a Janeiro" e também da série "Viajando Com Rockstars". Tenho vinte e seis anos, sou formada em Administração, mas deixei a profissão de lado para escrever livros. É meio maluco, eu sei, mas quando decidi viver o sonho, eu precisei mergulhar de cabeça.
No momento eu moro em Alfenas com a minha avó, meu namorado e a minha cachorrinha chamada Zelda. Sou muuuito caseira, gosto mais de ficar em casa vendo Netflix do que de sair com os amigos hahaha. Sou fã de séries, da Colleen Hoover e da J.R Ward. Também tenho medos pequenos e coragens absurdas, mas acho que todo mundo tem um pouquinho disso, né?

Maravilhosas Descobertas: Como e quando foi que você descobriu o dom da escrita?
Aline: Eu comecei a escrever quando era muito novinha, mas não fazia ideia que meus caminhos seriam levados para a escrita mesmo. Comecei com textos sobre o cotidiano, narrava os sentimentos, adorava o desafio de transformar o improvável em palavras. Fiz um blog, então, e depois um Tumblr. Eu postava por lá, me recordo de ter vários seguidores, mas a faculdade apertou e eu tive que largar por um tempinho. Só retornei depois, quando enfrentei uma depressão complicada, e sentia que precisava de uma distração. A ideia foi escrever a continuação de um livro que já existia. Eu nem sabia que o termo certo era fanfic, só fui descobrir um tempinho depois. Publiquei no Nyah!, percebi que os leitores começaram a aparecer e a elogiar a escrita. Da fanfic para os romances originais foi um pulo de dois anos e acho que foi aí que consegui perceber que queria fazer isso, que era tão natural quanto respirar. A escrita sempre esteve em minha vida, eu só não dava muita atenção a esse lado criativo.

"Eu descobri que estava no caminho certo quando ouvi a frase: - Você ficou maluca?
Eu tinha que escrever, eu precisava fazer isso acontecer, mesmo que tivesse que abandonar boa parte de quem eu era antes disso."

Maravilhosas Descobertas: Imagino que escrever um livro deve ser trabalhoso mas ao mesmo tempo muito prazeroso. E por isso, eu gostaria de saber como foi o processo entre imaginar, escrever e ver ele pronto? E depois, como foi ter o seu sonho, antes no seu coração, agora em suas mãos?
AlineCada livro é uma experiência única, cada um tem um jeitinho de imaginar e fazer acontecer. Geralmente, a ideia inicial é despertada por algum gatilho. Uma música, uma imagem, até aleatoriamente... em uma conversa com uma amiga, por exemplo. Já escrita é sempre a parte mais desafiadora, porque sou um pouco metódica com isso, elaboro roteiro, faço muitas pesquisas, é algo que leva tempo.
Depois de já ter a história esquematizada, viajo para um processo de dividir a história em metas. Eu coloco um desafio diário de escrever X palavras por dia, para não correr o risco de me desconectar dos personagens ou de perder a sequência de ideias.
Quando termino, estou esgotada emocionalmente e fisicamente. Mas a satisfação de ver a história concluída, faz todo o cansaço valer a pena. É uma alegria tão imensa, que irradia em mim. Não consigo explicar, parece até mágico.
Ver o livro pronto, em minhas mãos, é a sensação de literalmente pegar um sonho e ele ser palpável, físico. Sempre me emociono, não consigo resistir às lágrimas.

Maravilhosas DescobertasConta pra gente, quantos e quais são seus livros e e-books escritos.
Aline: Tenho a série "De Janeiro a Janeiro" toda concluída, são doze contos que são referentes a cada mês do ano. Também tenho a série "Viajando com Rockstars" pronta pela metade: quatro livros de oito. Que são: "7 Dias Com Você", "7 Dias Para Sempre", "11 Noites Com Você" (que vai lançar no comecinho do ano) e agora, no momento, estou concluindo a primeira versão de "Uma Noite Sem Você", livro 2.5 de "11 Noites Com Você". Ainda vou lapidar a história, mexer muito, mas o primeiro manuscrito está perto do fim. Engato na escrita de "Apenas Com Você", se tudo der certo, na primeira semana de Dezembro.

"A Série Viajando com Rockstars  é tudo o que eu sempre quis encontrar nos livros, como leitora, mas não pude achar. Então escrevi o desejo do meu coração."

Maravilhosas DescobertasComo surgiu a ideia de escrever a Série “De Janeiro a Janeiro”? E como foi todo o processo de escolha e escrita (nomes, cidades, enredo)?
AlineEu tenho um grupo no qual as minhas leitoras participam muito ativamente. Estava perto do meu aniversário, elas publicaram me questionando o que eu adoraria ganhar de presente, algo que fosse quase impossível, mas que significaria muito para mim. Eu disse que seria um sonho ter um conto escrito pela Colleen Hoover, uma das minhas autoras favoritas da vida, em minha homenagem. Claro que cabia dentro do impossível, só que eu fiquei com aquela ideia na cabeça, sabe? Eu pensei: “Poxa, eu posso não ser uma autora grande, posso não ser a favorita das minhas leitoras, mas se eu fizesse algo assim para elas... seria muito maluco?”
Iniciei o projeto quando decidi que faria, avisei elas que daria um conto de presente para cada uma, dentro do mês do seu aniversário. Mas como lá havia mais de quinhentas pessoas, seria impossível. Dessa forma, fiz um sorteio. Juntei as meninas de Janeiro e sorteei, as de Fevereiro... e assim consecutivamente, até ter uma leitora para cada mês do ano. As ganhadoras puderam escolher uma música que serviria como base para o enredo, o nome dos personagens, o lugar onde a história ia se passar, os principais gêneros abordados (drama, comédia, romance...) e, por fim, as características físicas dos mesmos. Foi um projeto criado por elas, com elas, como uma forma de agradecer todo o carinho que recebo ao longo dos anos nessa jornada maluca que é ser escritora.


"A Série Da Janeiro a Janeiro foi a forma mais bonita que encontrei, de dizer que amo os meus leitores." 

Maravilhosas DescobertasA Série “Viajando com Rockstars” é um enorme sucesso de vendas, tanto que o que era para ser quatro se tornou oito livros. Então eu gostaria de saber como os rapazes surgiram. Se foram fluindo e tomando formas ou se chegaram e já te disseram como seriam.
AlineEntão, a ideia de criar oito livros não foi bem pelo boom da série, sabe? Foi mais porque os enredos são longos, os livros teriam que ficar muito grandes, e entre uma história e outra, havia um espaço de tempo que eu precisava explicar o que os conectava. Eu fiquei preocupada com essas lacunas, já que os enredos estendem. Daí acabei optando mesmo por criar os ".5", que vão ser primordiais para total compreensão da série. Não serão como "7 Dias Para Sempre", que no caso conta o futuro. Os ".5" dos outros personagens serão focados no presente.
Agora, sobre o surgimento dos rapazes, eles foram fluindo conforme eu escrevia "7 Dias Com Você". Zane tem uma personalidade muito ímpar, o Yan é controlador e o Shane é aquilo que os conecta, eu sentia que precisava contar a história deles. O que era para ser apenas um volume único, se tornou a série "Viajando Com Rockstars", mas no fundo, eu já sabia o que ia acontecer com cada personagem, como se eles falassem no meu ouvido como eram suas histórias. Parece meio doido, eu sei hahahaha, mas eu me deixei levar pela magia.



Maravilhosas DescobertasEu já lia e amei demais “7 Dias com Você” e através dele conheci Carter, Zane, Yan, Shane. Mas eu gostaria muito que você apresentasse a banda e os rapazes para as nossas leitoras. 
Aline: Bom, o Carter é um artista nato. Ele é aquele cara que cria músicas, o vocalista da banda, acredita em romance, acha que a magia do amor pode acontecer. Só que ele não deu muita sorte na vida amorosa e ficou desiludido. Sempre teve o lado mais sensível dos meninos da The M’s, sempre foi o coração, sabe? Ele é puro instinto e sentimento. Em 7 Dias Com Você, nós vemos o que acontece e a determinação que  envolve quando ele acredita que encontrou, dentre todas as pessoas que já passaram por sua vida, a ideal. É lindo!
Zane já é o rebelde. Ele não acredita no amor, pega todo mundo sendo o guitarrista da The M’s, e tá confortável demais com a vida que leva: dinheiro, fama... mulheres. Particularmente, a família dele acredita que o Zane ainda vai encontrar o amor, ele só não achou a pessoa certa ainda, mas Zane crê que é vacinado contra o sentimento, já que nunca foi capaz de sentir. Em 11 Noites Com Você, vocês vão assistir de camarote como Zane reage ao perceber que uma mulher, uma específica, não consegue ver tanto sex appeal em um homem que sempre se orgulhou de ter quem quisesse, a hora que bem entendesse, nos seus lençóis.
Yan gosta de ter controle sobre as coisas. Ele é metódico, profissional, sempre teve a vida organizada de modo que tudo fluísse e acontecesse de acordo com seu cronograma. Eu nunca pensei que pudesse escrever um personagem tão centrado como ele, mas Yan é exatamente assim. Vocês vão descobrir no decorrer da série e no seu livro o que acontece com um homem como esse quando as coisas que, aparentemente, sempre estiveram sob controle, começam a desandar.
Shane é o irmão do Zane, que entra para a banda posteriormente. Shane tem um passado pesado, ele passou por coisas que não desejamos para ninguém. Além disso, carrega muito sentimento dentro do peito, mas não consegue se livrar do medo de se envolver. Ele teve péssimas experiências quanto a isso e se fecha em seus próprios problemas, acreditando que a solução para eles é deixá-los de lado. Só que, às vezes, o amor, que ele tanto teme, pode ser a peça chave para que ele possa ser feliz mais uma vez.


Maravilhosas DescobertasEntre seus livros, qual o que mais te marcou? Aquele que te faz suspirar sempre quando lembra.
Aline: Oooolha, isso é difícil de responder! Eu acho que todos me marcaram de uma maneira. "7 Dias Com Você" foi uma magia única, já que senti que aquela viagem foi um meio de transporte para um lugar tão melhor. Eu aprendi muito com Carter e Erin.
"7 Dias Para Sempre" foi lágrimas a cada capítulo, a sensação de ver o futuro deles foi maravilhoso. Eu fiquei esgotada de tanto chorar, acho que não estava preparada para o fim, sabe?
No entanto, de todos os da série "Viajando com Rockstars" que escrevi até agora, "11 Noites Com Você" foi o que mais me fez evoluir como escritora. Escrever sobre o Zane, um personagem tão intenso, me levou ao limite. Kizzie, seu par romântico, também traz muito ensinamento. Eu suspirei, chorei, fiquei com raiva, sofri, me apaixonei. Uma montanha russa de emoções.

Maravilhosas Descobertas: A gente ama música, não é Aline. E gosto de dizer que ela cabe em qualquer momento da nossa vida, sempre. Então me conta, você escolhe as músicas da playlist antes ou durante a escrita.
Aline: Eu escolho assim que começo o capítulo. Eu procuro algo na minha playlist que casa com a cena que virá e a música segue no repeat até a conclusão do capítulo. 

Maravilhosas Descobertas: Aline você acabou de lançar “7 Dias para Sempre” na Bienal, mas eu não resisto e tenho que perguntar, podemos esperar novidades da Série ainda esse ano? E como anda a sua agenda, e seus projetos?
Aline: Beeeem que eu queria liberar o Zane, mas ele só vem ano que vem mesmo. Acredito que os planos da Editora Charme seja lançar dois livros da série por ano: um volume e um .5.
Também acredito que teremos um lançamento em 2017 de uma história que escrevi, mas não é ligada a série "Viajando Com Rockstars", o nome do romance é "Luz, Câmera e Amor", ainda sem previsão.
Minha agenda de escrita (e não publicação) basicamente é terminar a série "Viajando Com Rockstars", depois escrever um "Projeto Secreto" no meio do ano, engatar na escrita de "Regras da Atração" e "Regras da Paixão" (duologia Amor em Regras), reescrever o meu primeiro romance chamado "Garota da Califórnia" e montar uma série semelhante a "De Janeiro a Janeiro", que fiz com as leitoras. A série se chamará "Sem Fronteiras Para O Amor".

Mensagem para os leitores: Quero muito agradecer por todo o seu carinho e pela entrevista. E para finalizar gostaria de pedir que imaginasse que está de frente para cada um de seus fãs e leitores (sim, você está), o que você nos diria...
Aline: Obrigada pelo espaço, meninas!
Eu provavelmente apertaria muito vocês em um abraço e me emocionaria, porque sempre fico com os olhos cheios de lágrimas quando estou perto dos leitores. Diria mil vezes obrigada pelo carinho, perguntaria o que acharam dos livros e nós bateríamos muito papo sobre esses roqueiros que têm feito a gente enlouquecer.
Espero um dia poder ter a chance de conversar e abraçar todos vocês!

Ping-Pong com a Autora Aline Sant'Ana:
Uma frase: "Tarde demais o conheci, por fim; Cedo demais, sem conhecê-lo, amei-o."
Uma música: Sex On Fire, Kings Of Leon
Um sonho: Ver meus livros futuramente conseguirem preencher um nicho de estante na casa dos leitores.
Um livro: Talvez um dia, de Colleen Hoover
Um filme: Simplesmente Amor
Escrever é... uma forma de enviar amor, de transportar sentimentos através das palavras para a casa de cada leitor e torcer, torcer muito, para que eles se apaixonem como eu me apaixonei.


Redes Sociais do Autor: Instagram | Facebook  

Aline muito obrigada por tudo, pelo carinho, pela entrevista, pela parceria! Beijos... 


Espero que tenham curtido a entrevista e já posso dizer que a Aline passará o ano conosco. Sim! Nós fechamos parceria e vamos para resenhas da série "De Janeiro a Janeiro" então se preparem porque em Janeiro já teremos a primeira resenha. 

2 comentários:

  1. Ameiii!! Obrigada MD pela oportunidade de saber um pouco mais dessa autora maravilhosa 😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Pri ficamos muito felizes que você tenha gostado. A Aline está arrasando e suas histórias são demais! Confira as outras entrevistas também, você vai gostar muito! Bjs

      Excluir

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.