Header Ads

RESENHANDO UM NACIONAL: O Enigma da Adormecida, de Simone O. Marques


Livro: O Enigma da Adormecida.
Autora: Simone O. Marques.  
Literatura: Nacional.
Páginas: 236.  
Editora: Madras.
ISBN: 978-85-370-0971-0.

Sinopse: Marcelo desperta numa dura cama de palha e não reconhece o lugar onde está. É uma espécie de celeiro e a luz da lua passa por uma janela no alto da construção, revelando outras camas com pessoas que dormem. Um a um, eles vão despertando e percebem que, além de não se conhecerem, estão presos naquele lugar. O celeiro é incendiado pelo lado de fora e eles têm que unir forças para conseguir escapar. Na fuga, carregam uma das jovens que não acordou, e acabam por descobrir que estão em uma realidade muito diferente daquela que conhecem, que suas vidas nunca mais serão as mesmas e que, se quiserem sobreviver, terão que enfrentar muitos desafios, aprender a lutar e acreditar no poder da magia... 



O Enigma da Adormecidaprimeiro livro da saga Crônicas do Reino do Portalde Simone O. Marques, é um livro misterioso e ao mesmo tempo divertido. Obra a qual é explorado devidamente cada personagem, e que te faz parar para pensar e se colocar no lugar daqueles em que se encontram na situação atual.

Tudo começa quando oito pessoas, sendo quatro meninos e quatro meninas que não se conhecem acordam em um lugar estranho, o qual não se lembram de ter chegado. Dentre eles, uma das moças não acordam, e começam a questionar como foram parar ali, e acusarem uns aos outros. Até que eles percebem que tem que sair do celeiro onde estão, antes que morram queimados! 

Na euforia de sair, Marcelo, um dos meninos, retira a menina adormecida do local. Quando percebem onde estão e que estão cercado por um nevoeiro que não os deixa ver além. Coisas acontecem, até que eles montam em alguns cavalos que acharam, sendo Marcelo a carregar consigo o "peso morto" que é a menina adormecida e vão até uma torre que se encontra ali perto, o qual descobrem  ser um castelo.

Entrando aos poucos, vão explorando o local, até que dão de cara com uma pequena mulher, que os recebem e já vai indicando onde colocar a adormecida e quais são seus quartos, além de informar que tem sopa e vinho para o jantar. Zin, a pequena mulher, aos poucos vai auxiliando o grupo e fazendo-os perceberem qual é a missão de cada um no grupo. O que vai render muitas intrigas e aventuras, as quais você terá que ler para saber!



O título do capítulo VIII, A Porta Fechada, meio que diz o que cada um do grupo ali tem dentro de si, que é exatamente uma Porta Fechada, a qual precisa de alguma forma ser aberta, e eles estão ali para isso. A mensagem que o livro passa quando cada um enfrenta a Porta, serve de lição para nós mesmos, para refletirmos o nosso eu interior, e rever nossas prioridades.

E já sobre a escrita, nem preciso falar que é maravilhosa, só de ser escrito pela Simone você já sabe que vem coisa boa por aí!

Enfim, se não leu esse livro ainda, leia, se já leu, compartilhe conosco o que achou e não se esqueça de compartilhar com os amiguinhos. E, se assim como eu, está ansioso para o próximo livro da saga, vamos ajudar a autora, mandando um email para a Madras Editora pedindo pela continuação. Então é isso, um beijo e até a próxima postagem! 

Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.