Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?ie=UTF8&node=17372554011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=a0bab6bcf0191dcca873f385f3f6fecc

CLARKE, DE R. LOVATO

Fico fascinada com qualquer autor que se arrisca em escrever um livro de ficção cientifica, é um tema que precisa ser bem trabalhado e se não houver um empenho sério, o livro fica pobre. Tendo isso em mente, Clarke é um dos meus queridinhos do gênero no momento!

O livro é dividido em perspectivas de pessoas que tem um contato diferente com o que está acontecendo no mundo em relação a Clarke. As pessoas comuns vivem o seu cotidiano normalmente enquanto, e é um tanto perturbador pensar que enquanto você está, não sei, assistindo a sua série favorita, o governo está tentando impedir uma invasão alienígena. 


A linguagem do livro é clara e objetiva. Tenho um respeito imenso por autores que sabem levar o leitor a compreensão usando termos simples. Apesar do livro ser cheio de detalhes e conversas acaloradas sobre o universo, você não se sente perdido, sente-se abraçado na verdade, é uma narrativa muito humana, me vi em vários momentos concordando com atitudes e palavras, pois se formos pensar por um minuto, pode acontecer com a gente (só estou dizendo).

Mas há um outro lado, sei que na maioria das vezes quando a ideia de vida além da Terra é mencionada, os habitantes dos outros planetas são hostis e querem nos matar e/ou escravizar. Lógico que existem livros e filmes onde isso não acontece, mas o primeiro cenário é o mais conhecido e aceito. Veja bem, nenhuma inteligencia superior iria querer papo com a gente, na minha opinião, só Deus mesmo. 

"Ela merecia ser salva. E assim como ela, muitos humanos mereciam ser salvos. Muitos humanoides habitantes daquele planeta azul eram capazes de atitudes atrozes, terríveis. Mas outros eram capazes de atos sublimes. 'seria egoísmo não agir'. Devia fazer o que podia."

Clarke vai contra e ao mesmo tempo se parece com tudo o que é diferente e foge do padrão, "nós atacamos", por o ser humano sempre ter medo do desconhecido. Clarke não é humano, mas sabe mais sobre humanidade do que nós mesmos. Isso é essencial no livro, quando estamos a beira do ataque nos aproximamos mais, muitas das vezes precisamos estar de frente com a morte para pedir desculpas ou se declarar para alguém. É difícil entender a imensidão do universo, saber se existe vida em outros lugares ou não, mas enquanto a certeza não vem, o certo seria valorizar a vida que temos!


Esse livro é um ótimo exemplo do que a literatura brasileira tem a oferecer, vou ser sempre saudosa ao me lembrar da estória e do que me fez sentir e o recomendo com certeza!

"Governantes e grande parte dos governados tentavam dar sentido às informações que receberam nos últimos dias. O anúncio da vida de mais uma espaçonave alienígena para a Terra era de enlouquecer. Tabloides sensacionalistas profetizavam a guerra que parecia estar próxima. Gurus anunciavam contato com a civilização alienígena, e que era pacífica. Uma seita fundamentalista veiculou tratar-se da vida de Deus à Terra. As pessoas dividiam entendimentos. Não sabiam em quem acreditar."

Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.