Header Ads

CRÍTICA DE FILME: KUNG FU PANDA 3

Fui convidada para a pré estreia de Kung Fu Panda 3 que rolou no Shopping Downtown da Barra da Tijuca no dia 27/02/2016.



Os dois primeiros filmes para mim não fizeram nenhum efeito. Eu cheguei a ver o primeiro no cinema na data de estreia, mas não foi um filme que fixou na minha mente e que eu recomendaria por ai a torto e a direita. Por conta disso, quando fui chamada para ver o terceiro filme da série confesso que fiquei com um pé atrás, mas como boa viciada por cinema não podia perder uma dessa. E a surpresa? Kung Fu Panda 3 vale muito, mas muito, a pena! 



O Dragão Guerreiro, um panda atrapalhado e gorducho, dessa vez vem mostrando um lado mais fraternal e emocionante sem perder as partes de ação e engraçadas e  que já conhecemos. A tão vista cena onde Po e seu pai se encontram descreve exatamente o que eu digo.

Dessa vez a vila está sendo atacada por um vilão muito mais forte que todos os outros que já vimos e Po precisa usar o seu poder do Shi para conseguir derrotar seu adversário. O único problema é que além de Po não fazer ideia de como conseguir fazer isso, o Shi não é fácil e são poucos os grandes mestres que podem ajudá-lo



Um filme emocionante, engraçado e cheio de momentos inesquecíveis está por vir no dia 03 de Março de 2016 nos cinemas e eu recomendo muito que você leve seu filho (ou caso seja uma louca por cinema que nem eu, vá) para ir ver essa história extremamente interessante.

A animação as vezes peca pelo acesso de cenas de lições de vida, simplesmente para mostram um subdesenvolvimento entre os dois pais de Po, o adotivo e o de sangue. Essas sem dúvidas são cansativas e chegam a dar aquele ar de cansaço no filme. De qualquer maneira Kung Fu Panda 3 fez um desfecho incrível para essa série e com certeza vai dar o que falar principalmente pela cena final, que ao meu ver, foi simplesmente incrível.

Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.