Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?node=16337903011&pf_rd_m=A3RN7G7QC5MWSZ&pf_rd_s=merchandised-search-1&pf_rd_r=25NB0E9QZ77ARZK9R4XS&pf_rd_t=101&pf_rd_p=016d5e8e-fbd7-4556-89df-e2fa66391ee3&pf_rd_i=16337903011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=fd09f073782dbee08f43fefbb4db448b

LISTANDO: RESENHANDO EM LISTA, SERÁ QUE É DELIRIUM?

Olá garotinhas e garotinhos, hoje, trouxe uma resenha feita de uma forma um pouco diferente. Vou resenhar listando, porém, sem listar, como vou fazer isso? Só os deuses sabem, mas bora lá!

Quero começar contando como tudo começou: estava eu circulando pelos grupos literários do Facebook, e me apareceu uma postagem com várias fotos de pessoas segurando um livro, no qual se encontrava um homem gritando na capa, e as pessoas que seguravam o livro de certa forma demonstravam o porquê de o cara da capa estar gritando. Então, curti a publicação. Um tempinho depois o autor do livro entrou em contato comigo, e me ofereceu o livro para comprar, depois de eu ter pensado muito, pensando o que eu poderia perder caso não comprasse, resolvi comprar. Enrolei tempos à ler, até que peguei para ler, e só tenho uma coisa à dizer: eu não encontrei este livro, ele que me encontrou.

Ana Beatriz  22 anos, Bianca Nunes  22 anos, Isabella Abreu  15 anos.

Livro: DELIRIUM.
Autor: Carlos Patrício.  
Literatura: Nacional.
Páginas: 225.  
Editora: Página 42. 
Publicado em: Junho/2014.
ISBN: 978-85-64590-70-0
Sinopse: Desordens. Distúrbios. INSÂNIAS! Este é o tema de Delirium. Nesta coletânea de contos o autor preza, sobretudo, pela diversidade e a originalidade. Pois em que outro livro você encontraria realidade virtual, experiência com alucinógenos, assassinos sádicos, debates sobre crenças e religião, um desabafo a la Kafka, e, até mesmo, os infortúnios de uma fofoca? Uma culinária diversificada e bem temperada para todos os paladares.


O livro DELIRIUM, é composto de oito contos, sendo eles: Doutor Sádico, Truco!, Agoniado, Telefone Sem Fio, A Questão De Todas As Questões, O Outro Mundo de Henrique, Pouco Antes Da Virada e Lindos Sonhos Dourados. E ainda possui um prefácio maravilhoso feito por Estevan Lutz, onde ele diz:
[...] Eis a obra "Delirium", de Carlos Patrício, um autor que não se conforma com a conformidade do mundo. O livro é uma reunião de contos que mesclam o verídico com o fictício, o amor com a violência, a paz com o ódio e a sanidade com a insanidade, de forma a tomar a atenção do leitor, mantendo-o cativo e intrigado enquanto mergulha nessas linhas emotivas, cruéis, lisonjeiras, sádicas e, até, dilacerantes.


Doutor Sádico é o primeiro conto do livro, onde trás a história de Hans Mozart, que diz não ser nem satânico, nem cristão, mas que "as vezes" parece o demônio em pessoa. A história deste homem sombrio é composta por muito sangue, torturas, e alguns pensamentos de arrepiar. A aparição de Klose no bar onde Hans se encontrava, fará com que Klose e sua filha Elizabeth passe por muitas situações horripilantes, nas mãos de Hans e seu querido professor, Franz.
Uma coisa muito legal que gostei nesse conto, foi a explicação minuciosa de cada coisinha, e as citações de outros autores. Nas transições se assim posso dizer do conto há na maioria das vezes citações como de: Conde de Lautréamont, Marquês de Sade, Stephen King, Baruch de Spinoza, Edgar Allan Poe, Adolf Hitler, entre outros. E ele também os cita em uma "conversa" com o Klose, onde tudo o que ele fala, Hans responde com a citação de algum desses. Eu simplesmente achei isso genial.
O final do conto, é maravilhoso, eu fiquei abobada com a naturalidade que Carlos conseguiu escrever o desfecho da história. Só tenho uma coisa a dizer: bodite pazorni.


Truco! é o segundo conto do livro, que é a história de quatro amigos: Dé, Caio, Rafinha e Cabeção  pelo menos é dessa forma que chamam ele no livro  que é o narrador dos acontecimentos. A história começa com os quatro jogando truco na casa de Caio quando um meliante invade a casa e aí só lendo pra saber o que acontece, né!
É um conto bem curtinho, mas que surpreende. De certa forma você imagina o final, mas como ele é revelado faz com que você fique de boca aberta.



Agoniado é o terceiro conto, e também é curtinho. Conta um "momento" da vida de Júlio, que mora em São Paulo. Além de Júlio, o único outro personagem é Renata, que é sua irmã. Júlio tem uma vida um pouco "agoniante", que o faz ter meio que uma depressão, e isso o leva a fazer algumas coisinhas. 
Ao me ver foi a história que menos se parecia com as outras, no entanto também é um bom conto. E como sempre, Carlos explicou tudo muito bem. Porém, foi o único final que eu não entendi, ou não gostei (??), não sei. Foi confuso, não esperava aquele final. Enfim, leiam e me falam, to confusa. Alguém me ajuda.


Telefone Sem Fio é o quarto conto, e é daqueles que te faz saber o final logo de cara, mas quando chega na metade, você vê que não é nada daquilo.
A história gira em torno de Ricardo que tem um bom emprego, e ganha muito bem, e Mayra que é a famosa piriguete. Em um carnaval de rua eles se conhecem, e então eles começam a namorar, Ricardo chama ela para morar com ele, e afins. No entanto, mesmo namorando com Ricardo, Mayra fica "pirigueteando" por aí, e Ricardo acaba por descobrir quem ela realmente é, e outras coisinhas mais, que fazem virar fofoca, e aí começa o espalha-espalha de informações não tão verdadeiras assim.
O conto tem vários personagens  um pouco por conta do espalha-espalha de fofocas – mas nada que atrapalhe. O final é chocante, e no fundo faz você repensar alguns de seus próprios conceitos.



A Questão de Todas as Questões é o quinto conto, e gira em torno de um conflito de religiões. Daniel procura uma religião para si, porém sempre se decepciona com algo que há na religião. Só que Daniel descobre que sua irmã ateia está com uma doença, e ele quer acreditar que algum Deus pode curá-la, no entanto, sua irmã não acredita em nenhuma virgula. 
Ao desenrolar da trama, ele esbarra com uma religiosa, Camilla, que é dona da cantina do hospital que Daniel trabalha, e com ela começa a debater sobre a religião. Há também outra discussão sobre religião que rola entre Daniel e sua irmã. Ambas são longas, porém nos faz refletir sobre muita coisa – SEM CONTAR NO TEXTO MARAVILHOSO QUE TEM LOGO NO COMEÇO DA HISTÓRIA.
O final é muito bom, não chega a surpreender, mas para a história foi ótimo. 
Sabemos que terão aqueles que falará que religião não se discute, que cada um tem um modo de pensar, mas esse conto é realmente muito bom, e penso que todos deveriam ler. Uma das religiões citadas é a minha, e mesmo assim fiquei MARAVILHADA COM AQUELE TEXTO DO COMEÇO.



O Outro Mundo de Henrique é o anti-penúltimo conto, e é bem curtinho assim como TRUCO!, ele conta um trechinho da vida de Henrique, no qual ele está cansado, e resolve ir para um outro mundo, onde ele tem várias aventuras, e tem que derrotar vilões e monstros, e principalmente o grande e terrível Woltz. É um conto bem levinho, e descontraído. Para aqueles que tem um dia à dia parecido com o de Henrique logo saberá do que se trata este mundo.



Pouco Antes da Virada não se trata de um conto, mas sim de um poema, no qual um homem de rua eu acho  conta sua esperança de morrer na virada de ano. É bem triste e faz você pensar em inúmeras coisas que podem estar acontecendo enquanto estamos contando os minutos para que o novo ano chegue. 
De todos os poemas que já li – e não foram poucos – esse foi o que mais me tocou. Por mais que seja ficção – ou não – tem um toque de realidade que te destrói um pouquinho. Ainda mais nessa época do ano. 



Lindos Sonhos Dourados é o último conto, e é bem tocante em certo ponto também. Este conta a história de Guliver, o qual tem um pai que adora mais o irmão do que à ele, e faz de tudo para deixar isso bem claro à Guliver.
Guliver é o tipico menino riquinho que tem tudo o que quer, e vive nas baladas. Até que um dia entra em uma briga com seu pai, e resolve ir embora de casa, e a partir daqui não posso falar mais nada se não já vira spoiler.
É um conto que faz você pensar diferente, assim como muitos deste mesmo livro, e tem um final muito bom, e que não precisa de mais de duas palavras para fazer você entender. 



Resumindo, o livro é simplesmente maravilhoso, faz você pensar em muitas coisas, e até te faz ver o mundo com outros olhos. Eu simplesmente adorei, e quando digo que este livro que me encontrou, realmente foi, pois eu necessitava de alguns choques de realidade iguais ao que este livro maravilhoso me proporcionou.
Queria deixar claro que estas opiniões são minhas, e cada um tem o direito de ter a sua, então se você já leu, comenta aqui em baixo o que achou sobre os contos, quais mais gostaram, e etc. 


E se você está pensando que acabou este post por aqui, está muito enganado, porque tenho uma surpresinha pra vocês!
Gostou do livro? Se amarrou na resenha? Achou as histórias incríveis ou conhece alguém que iria adorar? Pois aqui está a chance para conseguir um exemplar do livro DELIRIUM, de Carlos Patrício!

Para participar do sorteio basta seguir as regras abaixo:
  • Residir em território brasileiro;
  • Preencher corretamente o formulário;
  • Para validar a sua participação deixe um comentário com o seu nome de seguidor e e-mail para contato;
  • O ganhador terá 48 horas para responder o e-mail de confirmação da promoção, caso contrário um novo sorteio será realizado;
  • A promoção terá inicio no dia 01 de Dezembro de 2015 e término no dia 20 de Dezembro de 2015;
  • O livro será enviado pelo próprio autor, e ele terá um prazo de 20 dias para enviar o prêmio;
  • O resultado do sorteio será revelado somente no dia 25 de Dezembro de 2015
Chamem os amigos, a irmã, o irmão, os vizinhos, o periquito, o papagaio, todos para participar. Até a próxima postagem, um beijo, e Boa Sorte!
a Rafflecopter giveaway

7 comentários:

  1. Eu não sou muito fã de contos, são muito pouco os que eu leio, mas esse livro me despertou interesse. Os autor parece colocar em cada historia um toque de realidade impressionante, fiquei curiosa para ler, a capa também desperta o interesse na leitura, além da diagramação LINDA çç. Parabéns pela resenha.
    Jessica L.
    jessikalisboa_@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, linda <3
      Que a sorte esteja à seu favor <3

      Excluir
  2. Não sou muito acostumado a ler contos, mas achei esse livro de contos bem interessante, li uma outra resenha desse livro e gostei muito tbm *-*
    Já quero demais ter a oportunidade de ler e ainda com uma dedicatória vai ser lindo demais :)
    Participando e torcendo!
    Douglas Fernandes
    douglas_bouvier@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Douglas. Obrigada!
      Eu nunca tinha lido um conto, e muito menos um livro brasileiro, foi logo os dois em uma tacada só! E adorei.
      Desejo que a sorte esteja à seu favor! <3

      Excluir
  3. Pensei que estava falando do e-book da amazon do podcast "A voz de Delirium" (que é muito bom)
    Mas é bom ter opções e acho que verei esse
    Valeu

    ResponderExcluir

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.