Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?node=16337903011&pf_rd_m=A3RN7G7QC5MWSZ&pf_rd_s=merchandised-search-1&pf_rd_r=25NB0E9QZ77ARZK9R4XS&pf_rd_t=101&pf_rd_p=016d5e8e-fbd7-4556-89df-e2fa66391ee3&pf_rd_i=16337903011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=fd09f073782dbee08f43fefbb4db448b

Stolen, Raptada- Carta ao meu sequestrador.

Creio eu que todos já leram um livro que ficou voltando na mente o tempo todo, aquele final difícil de entender, uma morte impossível de engolir ou então uma narrativa extremamente cativante. Se você quer ter essa sensação novamente ou então, nunca teve oportunidade de sentir isso, lhes apresento Stolen- Carta para o meu sequestrador.


Gemma é uma adolescente normal esperando para pegar um voo no 4 de Bangkok com seus pais. Ao se afastar, conhece o charmoso e envolvente Ty, e nem imagina quais são suas reais intenções… Ele lhe oferece um café em que coloca algum tipo de droga. Confusa, ela é sequestrada e arrastada para o meio do deserto australiano. Ele a rouba para si, depois de anos a observando, e ainda espera que ela o ame. Os dias se passam e eles têm apenas um ao outro na imensidão vazia e escaldante do deserto, e Gemma começa a entender e conhecer Ty. É aí que os limites entre inimizade e compaixão vão ficando cada vez mais tênues…


O livro é muito bem estruturado, e os personagens principais são bastante transparentes, é o tipo de obra que a maioria ama, mas por motivos diferentes, feita para deixar o seu psicológico no chão . Foi bastante inteligente a ideia da autora, pegar a síndrome de Estocolmo e mostrar a verdade sobre ela, digo isso porque hoje em dia a maioria dos autores floreiam muito as histórias e é exatamente por isso que Stolen se destaca, se Lucy Christopher não tivesse sido honesta como foi, acho que eu nem me daria o trabalho de continuar a leitura.

Mas eu ainda estava olhando para as lamparinas. Você notou,
pegou uma e a estendeu para mim. Eu a segurei pelo bojo; a fina
alça de metal tilintou no vidro. Você começou a me explicar como
usá-la. Quando se virou para me mostrar outra, eu a levantei para
golpear você, mas meus braços tremiam demais. Fiquei parada ali,
com a lâmpada levantada, parecendo uma idiota. Você percebeu
minha intenção, recolocou a segunda lamparina na prateleira e
estendeu as mãos para a que eu estava segurando.
— Você não vai se livrar de mim assim — você disse.

 São os dois lados de uma mesma moeda, de um lado encontramos Gemma: amedrontada, confusa e vivendo em um cativeiro. E depois temos Ty, atencioso, paciente e é claro, um sequestrador. Nada no livro é pela metade, todas as emoções são incrivelmente fortes.



Você se sente dentro da casa, junto com eles, é pertubador. Não me levem a mal, sou fã dos romances água com açucar, mas se você quer mesmo conhecer todos os lados que o amor pode ter, esse livro é o ideal.

Eu podia ver mamãe suplicando diante das câmeras, e
chorando quando as luzes ficaram mais fortes.
Mas seu cheiro de terra invadiu minhas narinas. E seu corpo
começou a me sufocar. Seus braços me envolveram como um
cobertor, seu peito era grande como uma pedra.

Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.