Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?ie=UTF8&node=12565546011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=9c1389fb3385fb9165be2a5665b43d9c

DESCOBRINDO [NA BIENAL]: SÉRIES DE AUTORES NACIONAIS

Eu tive o imenso prazer de conhecer vários autores nacionais na Bienal do Rio 2015 até pelo fato de ter feito algumas entrevistas por lá (confiram aqui!) e tive com isso conheci vários livros interessantes que eu fiquei pensando: CADÊ-TODO-O-DINHEIRO-QUE-GUARDEI???

O primeiro livro, que ficou em TOP 1 de todas as indicações feitas, foi da autora Carina Rissi. Série que logo mais irá para os cinemas, vamos poder conhecer um pouco mais sobre "Perdida" e a vida de Sofia, uma garota super acostumada com a modernidade e com todos os benefícios que com ela sobrevivemos (até porque, cá entre nós, como viver sem internet?). 



No decorrer da história, a menina que tem aversão a casamento e romance no geral (tirando livros, é claro) se vê numa situação inusitada depois de comprar um celular; ela está no século dezenove! WTF?! Eu já adorei! O livro foi indicado, entre muitas pessoas, pela jornalista Frini G. (G. porque não dá para escrever o sobrenome dela não, gente, sorry!).



Outro livro indicado, que também vem da mesma editora de Perdida, é a série As Batidas Perdidas do Coração da Bianca Briones. Eu tive o grande prazer de ir conhecer a autora numa sessão de autógrafos que aconteceu no Shopping Rio Sul aqui no RJ e ela é extremamente fofa. O terceiro livro da série já está nas livrarias e eu confesso que estou louca pela duologia que ela irá lançar (mesmo com suas 800 páginas). A indicação do livro veio da Tita Mirra, autora do blog Rock'n Romance.



Uma das únicas indicações que me prendeu pela autora! Barbara Morais é incrível! Autora da "Trilogia Anômalos", a autora é inteligente e bem humorada conseguiu me convencer em entrevista que o livro dela é INCRÍVEL! Eu fiquei louca querendo correr atrás da distopia (e da autora porque eu precisava conversar mais com ela), mas infelizmente nem no último dia o livro entrava no meu orçamento.


Outra série que eu já conhecia, mas que eu parei para ler a sinopse (e talvez os três primeiros capítulos...) na Bienal foi os livros da série de Babi Dewet. A autora estava lançando o livro Um Ano Inesquecível e eu acabei conhecendo porque ela está estava TODOS OS DIAS NA BIENAL. O que senti depois de ler UAI e conhecer a série principal da autora, "Sábado a Noite", foi que realmente o que ela diz em seu subtítulo é verdade: ela realmente deveria querer "ser uma Rock Star e acabou virando escritora"

Um comentário:

  1. Já li perdida e amei, os livros da autora são demais.

    Beijos Tati.

    www.depoisdodomingo.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.