Header Ads

Coração de Pelúcia de Li Mendi

Titulo: Coração de Pelúcia
Autora: Li Mendi
Ano: 2014
Páginas: 211 páginas
Classificação:  4/5 | Adicione no Skoob 
Sinopse: Fernanda, na adolescência, é deixada no baile de formatura do colégio por Alan, que não a procura nos dias seguintes. Então, a menina se muda para longe e leva no coração aquela paixão que nunca se consumou. Mas, depois de muitos anos, ela volta à sua cidade e descobre que o amor da sua vida, na verdade, sofrera, naquela noite do baile, um acidente de carro que o deixara cego. Agora, há uma nova chance para que os dois se redescubram, motivados por um concurso de dança que irão participar juntos.


O casal se conhecem na época de escola. Allan era um cara popular cheio de si que adorava tirar onda com as meninas. Já Nic, como era chamada na escola, era uma pessoa normal que "não dava bola para Allan".

Na época do baile da escola, Allan surpreende Nic a chamando para ir ao baile. E se chamá-la já era surpreendente, Allan ainda a deixa esperando e não aparece para levá-la ao baile.

Depois do acontecido, Nic se muda da cidade onde morava e nunca mais vê o cara que partiu seu coração. O destino fez com que a garota fosse parar em uma clinica de reabilitação e voltasse, apos muitos anos, para a cidade de sua infância.

Chegando lá o acaso a leva a conhecer um novo Allan. Um Allan independente, dono junto com a sua irmã de um spa, com os valores totalmente mudados e que sofreu um perigoso acidente de carro que o fez perder a visão.

Com o coração batendo mais forte, Nanda e Allan vão viver uma história surpreendente de amor e superação de ambas as partes. Cheias de desavenças e preconceitos por parte das pessoas externas, mas com total sabedoria que o amor é algo tão poderoso que nada pode abalar.

Coração de Pelúcia desperta um sentimento de pura paixão. Depois que percebi o tema complexo que o livro abordava eu fiquei sem reação e embarquei nessa leitura simples e cheia de vida. 

O que mais achei interessante é que a Li consegue abordar todos os ângulos do preconceito e mostra que quando se há amor, nada importa. Não vemos em nenhum momento do livro um preconceito entre as partes envolvidas. Nem uma simples dúvida vinda de Nanda com relação ao estado de Allan. Ela sempre soube que isso não importava e lutou por isso.

Allan é um personagem extremamente forte. Adorei as partes que ele mostrava o quão era independente mesmo com seu problema de visão. Ele se adaptou ao seu estado, claro que com muito esforço, e vive uma vida normal, como qualquer outra pessoa.

Uma das coisas que senti falta, porém, foi a questão do problemas com drogas de Nanda. Eles foram esquecidos no decorrer do livro e depois de poucas páginas não sabemos mais nada sobre o que acontecer, como aconteceu, nada! Acho que como o preconceito com Allan era mais forte por ser algo mais externo e mais visível ao "mundo", esse problema interno de Nanda foi deixado de lado. O que é uma pena pois gostaria de saber como ela chegou a tal ponto.

Fora isso a história é incrível. Cheia de amor, superação de ambas as partes e conceitos que merecem ser levados para a vida inteira. A autora conseguiu, em um livro de 200 páginas, nos ensinar muito sobre valores. Além de ter transformado um casal inicialmente normal (um amor de colegial que volta a se reencontrar depois que o destino os separou) em algo extremamente interessante. 


Nenhum comentário

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.