Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?node=16337903011&pf_rd_m=A3RN7G7QC5MWSZ&pf_rd_s=merchandised-search-1&pf_rd_r=25NB0E9QZ77ARZK9R4XS&pf_rd_t=101&pf_rd_p=016d5e8e-fbd7-4556-89df-e2fa66391ee3&pf_rd_i=16337903011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=fd09f073782dbee08f43fefbb4db448b

A perfeita ordem das coisas por David Gilmour



Título: A perfeita ordem das coisas
Autora: David Gilmour
Editora: Geração Editorial
Páginas: 167
Ano de publicação: 2014
3/5   Skoob

Do aclamado escritor David Gilmour do sucesso Clube do Filme, em "A Perfeita Ordem das Coisas", um romance especial quem encantou os leitores, com o lema: Há coisas que só podem ser compreendidas quando vividas uma segunda vez. A história tem um escritor como personagem principal que parte numa viagem rumo ao próprio passado. Ele vagueia pelas ruas de Paris, de Toronto, de uma cidadezinha praiana da Jamaica. Lá, estão o internato, uma roda-gigante girando na noite; uma casinha de campo caindo aos pedaços, lugares onde foi feliz e triste, na maioria das vezes desesperado, buscando um sentido para sua vida. Ele reencontra as pessoas, as conversas, os sonhos e as paixões, memórias que tinham se perdido no tempo e agora voltavam para que ele as visse com novos olhos, estes bem abertos para o que não conseguiu enxergar quando as viveu pela primeira vez.

Com uma leitura rápida, um título envolvente e uma escrita rebuscada, David Gilmour nos apresenta A perfeita ordem das coisas, um livro chamativo e um tanto quanto decepcionante.

Estamos viajando na vida de um escritor que resolve "voltar ao passado" e nos mostrar aquilo que estava sempre ali, porém não percebemos quando o assunto é o presente. Vendo que não aproveitou muito a vida, ele resolve visitar novamente os lugares que fizeram parte de seu passado, observando e vendo tudo que deixou de ver anteriormente.

A escrita se altera entre os fatos onde o personagem reflete sobre suas ações, escolhas e, com isso, iremos traçar uma linha imaginária de como tudo faz sentido. De como cada escolha que fazemos reflete diretamente em nosso futuro.

Apesar de uma leitura bem dinâmica, se falado com relação aos lugares e ações, o livro é um tanto decepcionante e vazio. Não consegui me encontrar na escrita do autor, apesar da ideia geral ser muito bom e intuitiva. 

A verdade, é que não esperava um livro tão simples e vazio. Eu esperava ações verdadeira e mudanças repentinas de conceito. É uma leitura leve, que nos deixa enganar pela sinopse não me agradou. Com certeza, entre todos os livros da Geração Editorial solicitados até hoje, este é o que menos me apeguei. 

2 comentários:

  1. Estou lendo ele no momento.
    Estou no começo, tem algumas partes que está me prendendo, ainda não achei ele vazio como você disse.
    Espero que valha a pena mesmo a leitura HAHA.
    Grande beijo,
    Gabrielle G. - Blog ABCD dos Livros
    http://abcddolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que pena que não gostou tanto do livro.
    Eu tenho vontade de lê-lo. Mas as opiniões sobre ele são bem divididas.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.