Header Ads

https://www.amazon.com.br/b/ref=as_li_ss_tl?ie=UTF8&node=12565546011&linkCode=ll2&tag=maravilhdesco-20&linkId=9c1389fb3385fb9165be2a5665b43d9c

A Guerra dos Fae #1: As crianças trocadas


As Crianças TrocadasTítulo: A guerra dos Fae #1: As crianças trocadas
Autora: Elle Casey
Editora: Geração Editorial - Geração Jovem 
Páginas: 187
Ano de publicação: 2013
 5/5  |  Skoob

Sinopse: Jayne Sparks, rebelde e língua afiada de dezessete anos e seu melhor amigo, tímido e estudioso Tony Green tem uma existência muito típica de escola secundária, até que vários incidentes aparentemente não relacionados convergem, causando uma cascata de eventos que mudam suas vidas para sempre. Jayne e Tony, junto com um grupo de adolescentes em fuga, são sequestrados e enviados para uma floresta, onde nada e ninguém são o que parecem. Quem sairá triunfante? E o que eles serão quando o fizerem?


As crianças trocadas é o primeiro volume da série A Guerra dos Fae da talentosa Elle Casey lançado pela Geração Editoral.

Jayne Sparks é um adolescente de dezessete anos desbocada e com uma personalidade muito forte que fala o que quer na hora que bem entender e não leva desaforo para casa. Seu melhor amigo, Tony, é exatamente o oposto de nossa protagonista. Tony é um geek exemplar que ama a escola e todo o conhecimento que ela fornece. Com duas personalidades tão diversificadas era de se esperar o contrário de uma amizade tão forte quando a dos dois. Em certos casos, fico com vergonha por Tony por causa das coisas que Jayne fala e faz o que me deixou completamente de boca aberta do começo ao fim. inha expectativa sobre o livro não era nem metade do que ele me mostrou.

Num certo dia, Tony descobre que Jayne esta sendo assediada pelo namorado de sua mãe. Mesmo sabendo que a amiga é "osso duro de roer", Tony se revolta e resolve tirar Jayne daquele ambiente e a convence de fugir com ele para Miami. Agora, com apenas 20 doláres no bolso, os dois amigos se veem perdidos naquele lugar gigante, porém não antes de encontrar Jared Bloodwoth. O homem que aparenta ser morador de rua oferece aos dois um lugar para passar a noite e Jayne, mesmo desconfiada mas sem ter muito opção, resolve aceitar.

Chegando ao local, Jared apresenta os dois novos companheiros ao resto do grupo: Sam, uma menina temperamental; Becky, uma garota alegre, otimista e muito fofa; Chase, um cara de poucas palavras; Fin, o garoto sério do grupo e, para finalizar, Spike, o garoto com o sorriso - ou dentes, como ela diz - mais lindos do mundo. Todos do grupo possuem suas particularidades e algo em comum. Todos eles não aguentam mais viver aquela mesma vidinha chata de sempre e querem mais. Todos eles acham que não fazem parte daquele mundo.

Vivendo um dia de cada vez, sempre a procura de comida, Spike encontra um anúncio que recruta jovens para um estudo de atividades físicas em grupo que recompensa seus participantes com 500 dólares que logo abre os olho de todos do grupo. Apos a primeira etapa de teste, os jovens recrutados são levados a uma floresta completamente diferente. Primeiro porque eles não fazem ideia da onde estão, segundo porque a floresta é repleta de seres mágicos, sobrenaturais e criaturas assustadoras. Depois dessa experiência, Jayne e seus novos amigos nunca mais serão os mesmo.

O livro frui de uma maneira incrível. Quando você se dá conta, já acabou e "cadê o outro?". Com uma narrativa simples e muito inspiradora, Elle conseguiu misturar de uma maneira suave todas os acontecimentos cotidianos de nossas vidas com um toque só dela de sobrenatural. E o melhor (ou pior, ainda estou me decidindo) é o final! O final é completamente surpreendente e dá total apoio para o próximo livro da série.

Nos deparamos também com muito palavrões, muitas deles falados pela protagonista, que as pessoas podem vir a dizer por ai que desvaloriza o livro. Pelo contrário, ao meu ver valorizou e muito. Os frases e diálogos serviram para persistir e frisar a personalidade de Jayne. Achei, no começo, que isso seria uma forçação de barra, mas muito pelo contrário. Me surpreendi. A autora conseguiu dosar com sabedoria todos os diálogos sem que os mesmo fiquem forçados ao ver do leitor.

A única coisa que fiquei meio com pé atrás com relação ao livro foi um simples fato, que infelizmente não posso dizer aqui porque seria sppoiler. Mas mesmo assim, com o decorrer do livro me acostumei e vi que aquilo era mais que o necessário para que livro se torne o que é.

Não posso encerrar essa resenha sem antes dizer sobre a diagramação do livro, que para quem me acompanha nas redes sociais não é surpresa que eu diga que fique maravilhada. Não é de hoje que vejo como a Geração é caprichosa com suas edições e essa não foi diferente. Muito pelo contrário, foi uma das mais bonitas que vi até hoje. A geração está de muito parabéns pelos ótimos livros que vem lançando, não só pelo fato deu sempre me surpreender com eles mas também diversidade de assuntos que eles possuem. 

Obs.: Para quem quiser ver como é o livro, tem um videozinho lá no meus instagram de como ele é. É só procurar aqui do lado (coluna direita) e procurar a fotinha do livro na divisória "rolando no instagram".

2 comentários:

  1. Eu tenho vontade de ler esse livro, mas ainda estou em duvida. Gostei da resenha.

    Beijos, Amanda.
    http://fic-board.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que livroo lindooo *u* Ele parece ser ótimo mesmo, só pelo nome e pela capa, aí a pessoa lê essa resenha linda e se apaixona de vez hahah Como pode? *u*
    Já entrou pra minha wishlist literária viu? AMEI ♥
    Parabéns pelo post, ficou demais *u*
    Um suuuper beijo flor <3
    docesexpressoes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.