Header Ads

Crítica do filme: Truque de mestre


"Olhe com atenção! Porque quanto mais atento você pensa que esta... 
menos vai realmente ver"

Daniel Atlas, um mágico um tanto quanto conhecido, porém que ainda vive de truques de rua. Henley, ex-assistente de Atlas que o deixou para seguir uma carreira sozinha. Jack, um golpista que usa truques baratos de mágica para abater carteiras na rua. E, por ultimo, Merritt, um mentalista especializado em hipnotismo que não é levado nada a sério por fazer o que faz. 

O filme começa quando uma carta é deixada para cada um deles. Nesta carta contêm data e local de onde eles devem se encontrar.

 Com a ajuda financeira de um milionário, o quarteto se torna Os Quatro Cavaleiros e começam a realizar shows com truques espetaculares e de grande porte. Para terem uma ideia, em um de seus truques eles roubam um banco na frente de uma plateia inteira.

  Com personagens simples e uma narrativa misteriosas, o filme é o típico clichê. Feito exatamente para você acreditar naquilo que vê, e aquilo que você vê esta realmente muito longe da verdade. Foi feito para te iludir assim como uma mágica faria. 

Por mais que o filme apresente uma perseguição, FBI versus Mágicos, ao meu ver muito chata e um ato final com uma reviravolta um tanto quanto previsível até de mais, o filme alcançou seu objetivo. Iludir, desiludir e, principalmente, divertir o público.

Um filme que vale a pena ver pelos efeitos especiais e pelos truques que são magníficos e lindos de se olhar. 

Um comentário:

  1. EU AMO ESTE FILME, TIPO DE PAIXÃO '-' Já assisti umas 4930483043 vezes e não consigo cansar de assistir.

    ResponderExcluir

Obrigada pela atenção. Assim que possível estarei respondendo :)

Tecnologia do Blogger.